2020-9-14

NEGÓCIOS

Nvidia compra ARM por 40 mil milhões, o segundo maior negócio tecnológico de sempre

O fabricante norte-americano de chips Nvidia acordou adquirir a empresa líder de arquitetura aberta de processadores RISC, a ARM detida pela Softbank desde 2016

A compra da empresa baseada no Reino Unido ARM pela norte-americana Nvidia constitui a segunda maior aquisição entre tecnológicas da história, só ultrapassada pela compra da EMC por parte da Dell.

A noticia avançada segunda-feira pela agência Boomberg pode fazer da Nvidia a maior empresa de semi condutores do planeta em volume de negócios e vai seguramente alterar substancialmente a neutralidade comercial da ARM se a sede da empresa mudar para os estados unidos.

De momento, esta aquisição não está garantida devido ao 'calvário' regulatório de aprovações que envolve ainda a União Europeia, Reino Unido, Estados Unidos e Japão e China.

A aprovação de Pequim à venda da parte ARM China a uma empresa norte-americana não deve ser um processo linear, porque na guerra comercial EUA vs. China os microprocessadores estão embargados ou muito controlados por parte do governo americano, e são os fabricantes de smartphones chineses os grandes clientes da filial oriental da ARM.

Outro problema que se pode antecipar desta aquisição é o facto da companhia inglesa ARM dever tanto do seu sucesso à sua engenheiria como ao fato de ter mantido uma total neutralidade face aos fabricantes, licenciando a sua arquitetura aberta de processadores independentemente de alinhamentos comerciais ou politicos. Para além dos clientes orientais, a própria Intel e crescentemente a Apple que recentemente anunciou adoptar a arquitetura ARM para desenvolver os processadores do Macintosh, poderão dar conta do desconforto de ter como fornecedor uma subsidiária da Nvidia.

Em declarações numa conferência de imprensa nas primeiras horas desta segunda-feira, o CEO da ARM procurou tranquilizar o mercado ao afirmar -"estive em diálogo com muitos de nossos clientes enquanto os vários rumores circulavam para garantir que o mais importante é que a ARM seja capaz de manter seu modelo de negócios atual para continuar a servir os licenciados que têm sido tão leais a nós ao longo dos anos".

Recomendado pelos leitores

PRIMAVERA lança novas soluções para apoiar e-Commerce das organizações
NEGÓCIOS

PRIMAVERA lança novas soluções para apoiar e-Commerce das organizações

LER MAIS

O Futuro do Trabalho - Um novo imperativo de negócios
NEGÓCIOS

O Futuro do Trabalho - Um novo imperativo de negócios

LER MAIS

Depois da pandemia, os decisores preparam-se para o workplace do futuro
NEGÓCIOS

Depois da pandemia, os decisores preparam-se para o workplace do futuro

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.