2021-1-18

HARDWARE

Gastos globais em dispositivos wearables vão crescer 18% este ano

O aumento do trabalho remoto e do interesse pela monitorização da saúde originou um crescimento no mercado dos dispositivos wearables

Os gastos globais dos utilizadores finais em wearables ascenderão os 81,5 mil milhões de euros até 2021, um aumento de 18,1% face aos 69 mil milhões de euros de 2020, de acordo com a última previsão da Gartner. 

O aumento do trabalho remoto e o aumento do interesse pela monitorização da saúde durante a pandemia COVID-19 foram um fator importante para impulsionar o crescimento do mercado. Em particular, os dispositivos auriculares e os smartwatches estão a registar um crescimento particularmente forte, uma vez que os consumidores dependem destes dispositivos para o trabalho remoto, atividades físicas, rastreio de saúde, entre outros exemplos.

Os gastos com dispositivos auriculares aumentaram 124% em 2020 e prevê-se que atinjam os 39,2 mil milhões de euros até 2021. Este crescimento maciço pode ser atribuído em grande parte aos trabalhadores remotos que atualizam os seus auscultadores de chamadas de vídeo e aos consumidores que compram auscultadores para os seus smartphones.

Os gastos dos utilizadores finais em smartwatches aumentaram 17,6% para 21,8 mil milhões de euros em 2020. O crescimento do smartwatch, impulsionado em parte pela entrada no mercado de novos utilizadores, continuará em 2021, uma vez que as novas tecnologias de processadores e atualizações de baterias em estado sólido aumentam a vida útil da bateria e encurtam os tempos de carregamento.

Os patches inteligentes, como é o caso de sensores de controlo de saúde não invasivos que aderem à superfície da pele e são usados para medir a temperatura, frequência cardíaca, açúcar no sangue e outras estatísticas vitais mais eficazmente do que outras tecnologias wearables e que podem também administrar medicamentos remotamente, como a insulina para doentes diabéticos foram adicionados como uma nova categoria na mais recente previsão da Gartner para dispositivos wearables, uma vez que se espera que atinjam um crescimento significativo em 2021. 

"Os patches inteligentes existem há algum tempo, mas a adoção tem sido lenta devido à rigorosa conformidade regulamentar e resistência dos utilizadores e do pessoal médico para adotar a gestão automatizada de drogas", explica Ranjit Atwal, diretor sénior de investigação da Gartner. "A mudança para a saúde em linha, especialmente durante a COVID-19, vai transformar a perceção dos utilizadores sobre a oferta automatizada de saúde e aumentar a procura de patches inteligentes".

TAGS

Wearables

ARTIGOS RELACIONADOS

Mercado de wearables regista crescimento, mas preço médio desce
HARDWARE

Mercado de wearables regista crescimento, mas preço médio desce

LER MAIS

Vendas mundiais de smartwatches impulsionam mercado de wearables
HARDWARE

Vendas mundiais de smartwatches impulsionam mercado de wearables

LER MAIS

Consumidores acreditam que os wearables poderão substituir os smartphones
HARDWARE

Consumidores acreditam que os wearables poderão substituir os smartphones

LER MAIS

Recomendado pelos leitores

HP mostra novo portfólio para Portugal
HARDWARE

HP mostra novo portfólio para Portugal

LER MAIS

Fujitsu apresenta nova geração de mini PC
HARDWARE

Fujitsu apresenta nova geração de mini PC

LER MAIS

Lenovo revela barra de colaboração all-in-one
HARDWARE

Lenovo revela barra de colaboração all-in-one

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 88 JUNHO 2022

IT CHANNEL Nº 88 JUNHO 2022

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.