Sara Moutinho Lopes em 2018-1-24

EVENTOS

HP quer acelerar a 4ª Revolução Industrial com a impressão 3D

Com uma vasta experiência na área de impressão, a HP decidiu alocar o seu know-how num novo segmento que promete acelerar a 4ª Revolução Industrial: a impressão 3D. Para tal, o fabricante reforçou o seu portfólio Jet Fusion como novos equipamentos que querem mudar o paradigma da indústria

A HP abriu as portas do seu Experience Center para dar a conhecer novidades para o segmento da impressão 3D.

Segundo José Correia, diretor-geral da HP Portugal, o fabricante está atento à impressão 3D “há muito tempo”, no entanto, os seus esforços têm estado sobretudo centrados na investigação e desenvolvimento, que representa cerca de 3% das receitas totais da HP. A gama HP Jet Fusion é o produto desse investimento, e conta agora com mais três novos modelos: 3200, 4200 e 4210.

A proposta de valor da HP na área da impressão vai além do hardware. A HP trabalha em conjunto com diversas de empresas para oferecer soluções modulares, com software dedicado, uma estação de processamento, uma unidade de impressão e uma unidade de construção. O fabricante quer assim poder oferecer à indústria um ecossistema completo que lhes permita acelerar a produção.

Em todo o mundo, a HP tem o apoio de 65 resellers para expandir a sua tecnologia. Em Portugal, o Parceiro é a 3D Ever, empresa da Marinha Grande fundada em outubro de 2016 com profissionais experientes tanto na impressão via FDM (Fused Deposition Modeling), o método de manufatura aditiva; DMLS, a sinterização direta de metal a laser; e a nova SLS, sinterização seletiva a laser.

A HP é uma das pioneiras da impressão 3D via sinterização seletiva por laser, um processo que permite a fabricação de produtos com recurso a materiais em pó. Este tipo de impressora opera distribuindo o pó na plataforma de impressão. O documento em 3D é o guia do laser sobre o material em pó em pontos específicos, aquecendo-o e fundindo as partículas em pó, transformando assim o material num objeto sólido.

A tecnologia e plataforma aberta da HP - MultiJet Fusion Open Platform - apresenta um custo inferior e promete uma maior rapidez de impressão, além de uma maior fiabilidade. A plataforma está aberta a entidades externas à HP e é suportada por várias empresas que desenvolvem soluções, aplicações e produzem materiais para a impressão 3D como a Basf ou a Henkel.

Num futuro próximo, a HP pretende adicionar mais materiais passíveis de ser impressos em 3D e mais cenários de utilização em mais indústrias.

A HP tem a ambição de, com a impressão 3D, reinventar os processos de prototipagem, dando a possibilidade de "saltar" esta etapa e de fabricar diretamente o produto final.

Recomendado pelos leitores

Konica Minolta e Sophos debatem proteção de dados no contexto da impressão
EVENTOS

Konica Minolta e Sophos debatem proteção de dados no contexto da impressão

LER MAIS

Sage pretende crescer a dois dígitos no enterprise, suportada por uma estratégia
EVENTOS

Sage pretende crescer a dois dígitos no enterprise, suportada por uma estratégia "partner first"

LER MAIS

IMSHARE, conferência de gestão de informação e analytics regressa em junho à Universidade Nova de Lisboa
EVENTOS

IMSHARE, conferência de gestão de informação e analytics regressa em junho à Universidade Nova de Lisboa

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 47 Maio 2018

IT CHANNEL Nº 47 Maio 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES