2020-1-06

EVENTOS

CES 2020: Os temas que dominarão este ano

Abre hoje o maior evento Tech do Mundo. Desde novos dispositivos, tecnologia na saúde, o abandono definitivo das cablagens e proteção da privacidade, na CES 2020, em Las Vegas, são apresentas as tendências que moldarão o futuro da tecnologia

A CES 2020, o maior evento de tecnologia em dimensão e visitantes, acontece entre os dias 7 e 10 de janeiro, e como sempre em Las Vegas. Esta feira conta com mais de 250 conferências, onde são esperados mais de 170 mil participantes, vindos de 160 países.

Expondo as novidades no mundo da tecnologia, este evento anual, apresenta tanto expectativas para o futuro próximo, como novos produtos disponíveis no mercado.

Este é um evento tão eclético que se podem encontrar simultaneamente lançamentos comercias de produtos, concept cars que podem nunca chegar ao mercado, sanitas inteligentes, voos experimentais sofisticados, bem como ideias sobre o futuro dos smartphones e computadores.

A CES traz também uma imagem mais abrangente de como as coisas se estão a mover na indústria de tecnologia e os novos caminhos pelos quais a tecnologia vai melhorar, invadir e transformar as nossas vidas.

O site californiano de tecnologia de consumo, a  C/NET , antecipa seis áreas principais onde se podem esperar novidades para 2020;

1. Serviços

A indústria da tecnologia aumentou os serviços em 2019. Enquanto a Apple e a Disney lideravam os serviços que conquistaram enorme notoriedade, houve uma expansão de serviços em toda a indústria e muitas novidades em startups focadas em serviços.

Atualmente, existem serviços que entregam refeições de restaurantes, serviços de estafetas através de um app, envio de roupas, aplicações para meditar, serviços de transporte privado, proteção da segurança e privacidade on-line, entre tantos outros exemplos.

Visto que este tipo de serviços são um modelo de negócios bastante sustentável, começam a aparecer em quase todas as categorias de tecnologia.

2. Smart things

A tecnologia está presente no nosso quotidiano nas formas mais subtis e muito por culpa dos smartphones.

É aqui que assistentes de voz como Alexa, Siri e Google Assistant entram, bem como os novos gestos aéreos, como os do novo Nest Hub Max do Google e tecnologias como o UltraSense - que podem causar um impacto na CES – que transformam todos os tipos de superfícies tradicionais em telas sensíveis ao toque.

Casas, carros e escritórios, tornaram-se mais inteligentes para que o ser humano não ficasse tão dependente destes dispositivos móveis.

3. Saúde e bem-estar

A categoria de mais rápida expansão na CES nos últimos anos tem sido saúde, fitness e bem-estar. Categoria esta que ocupa quase cerca de metade da Tech West.

Existe já tecnologia para ajudá-lo a comer melhor, dormir melhor, para se exercitar com mais eficiência, monitorizar melhor o seu dia e uma tonelada de outras novas abordagens sobre saúde e bem-estar.

Existem, entre tantos outros exemplos, serviços que controlam quantas calorias ingerimos e mini-bicicletas para ajudar as crianças a manter a forma, enquanto jogam.

Este tipo de produtos de saúde e bem-estar estão a tentar reverter o curso da década passada, em que a maioria da população se tornou menos saudável, muito por culpa do sedentarismo trazido pelos smartphones, usando assim, a tecnologia para combater a tecnologia.

4. Privacidade e segurança

Especialistas em tecnologia têm levantado sinais de alerta sobre o modo como as empresas de tecnologia estão a usar os dados dos seus utilizadores e principalmente, como protegem a segurança destes.

Empresas como a Apple, Google, Amazon, Facebook e Twitter enfrentam uma luta constante para que os seus consumidores estejam protegidos contra hackers, integrando recursos de bem-estar digital para proporcionar tranquilidade a quem utiliza estas plataformas.

A CES 2020 quer ter um impacto nesta realidade e por isso chama a atenção para a maneira como todos os fornecedores de tecnologia comercializam os seus produtos.

Espera-se que cada vez mais governos, vejam a tecnologia como solução.

5. Streaming

Aquilo que vemos e a maneira como vemos televisão mudou graças à Netflix, YouTube, Hulu, Disney Plus, Apple TV Plus e outros serviços de streaming.

Duas das oito palestras da CES 2020 têm como foco principal os serviços de streaming - Quibi e NBC Universal, que se concentram no serviço de streaming Peacock, que será lançado esta primavera.

6. Cenários 5G

Embora a maioria dos anúncios do 5G sejam direcionados para o Mobile World Congress em Barcelona no final de fevereiro, não há como o 5G não entrar na CES.

Apesar da AT&T ter lançado recentemente a sua rede 5G de banda baixa em Las Vegas nas últimas semanas, haverá também smartphones 5G do mundo real para uso dos participantes da CES.

O foco da CES neste âmbito, está provavelmente nos cenários do quotidiano que mudarão por causa do 5G - desde publicação de vídeo, novas formas de publicar notícias que mudarão as histórias do futuro, carros autónomos, entretenimento móvel e realidade aumentada, entre outros.

E, naturalmente, haverá também alguns exemplos ao nível da cidadania digital, ao demonstrar como o 5G dará início a novas eras nos cuidados de saúde, transporte, energia e segurança pública.

Recomendado pelos leitores

CES 2020: Lenovo apresenta PC dobrável
EVENTOS

CES 2020: Lenovo apresenta PC dobrável

LER MAIS

CES 2020: IA no centro da oferta Bosch
EVENTOS

CES 2020: IA no centro da oferta Bosch

LER MAIS

E.near cresce 30% em 2019
EVENTOS

E.near cresce 30% em 2019

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 63 DEZEMBRO 2019

IT CHANNEL Nº 63 DEZEMBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.