2019-10-31

SOFTWARE

Mercado empresarial está recetivo à computação quântica

Os líderes empresariais estão “impacientes” pela chegada da computação quântica e desejosos de tirar partido da otimização de processos disruptiva que esta promete, assinala um novo estudo divulgado pela Fujitsu e conduzido pela empresa de análises independentes PAC

Atualmente, apesar de a computação quântica estar na sua infância, já há uma procura reprimida pelo seu poder disruptivo: segundo a Fujitsu, 81% dos líderes empresariais inquiridos no estudo a acreditam que a sua chegada irá acelerar a optimização de processos empresariais, logísticos e industriais, ajudar à disponibilização da transformação digital e assegurar que as empresas permanecem competitivas em mercados em rápida mutação.

As empresas também estão frustradas pelo ritmo lento a que a tecnologia está a ser desenvolvida, com o estudo a revelar que 50% dos inquiridos não espera que a computação quântica se torne mainstream na próxima década. Ao mesmo tempo, 89% acreditam que o poder de computação insuficiente da tecnologia atual está a impedir que os seus negócios aproveitem todas as vantagens da optimização combinatória (o processo de identificação da solução ótima entre um vasto conjunto de opções) de modo a revolucionar os processos de negócio.

Aliás, a procura reprimida da otimização de processos de negócio é de tal ordem que dois terços dos inquiridos (66%) procuram soluções de otimização hoje, em vez de esperarem pela chegada distante de uma computação quântica experimental e possivelmente instável. Isto acontece porque se estima que a concorrência poderá ganhar uma vantagem indiscutível com a computação quântica: dois terços dos gestores concordam que a adopção precoce da computação quântica por parte de um concorrente originaria disrupção no respectivo sector de actividade.

 

Reconhecimento crescente de que a Digital Annealer da Fujitsu colmata a distância para a quântica

Impulsionado pela procura de inovações radicais através da otimização de processos empresariais complexos, o estudo indica um reconhecimento crescente entre as empresas de que a Fujitsu Digital Annealer – inspirada na computação quântica – colmata a distância para a quântica, ao possibilitar que as organizações executem algoritmos de optimização combinatória em tempo real sem necessidade de computadores quânticos. De acordo com o estudo, sete em cada dez organizações – em diversos sectores de atividade, como a indústria, os serviços financeiros ou o retalho – reconhecem agora o potencial da Digital Annealer para acelerar a sua jornada rumo a um futuro de computação quântica.

Yves de Beauregard, Responsável de Digital Business Solutions da Fujitsu EMEIA, afirma: “Todos falam sobre o receio da disrupção. Os líderes empresariais estão bastante conscientes desta ameaça e oportunidade, mas estão desiludidos com o facto de a computação quântica ainda ser um futuro demasiado longínquo e demasiado frágil para situações de uso prático a nível empresarial. Isto explica o porquê de vermos níveis tão elevados de interesse na capacidade da Fujitsu Digital Annealer para efectuar cálculos combinatórios de optimização empresarial. A Digital Annealer já está comercialmente disponível, demonstrou resultados tangíveis em sectores como os serviços financeiros, a indústria e o sector automóvel, e está a ser implementada hoje por empresas que pensam no futuro e pretendem tornar-se forças disruptivas.”

 

Fujitsu Digital Annealer 

A solução inspirada na quântica Fujitsu Digital Annealer permite que as empresas desbloqueiem novo potencial e se tornem uma força disruptiva na era digital ao descobrir instantaneamente a combinação óptima de variáveis de dados imensamente complexas que antes eram impossíveis de gerir. Por exemplo, um grande fabricante europeu de automóveis está a usar a Digital Annealer para agilizar as operações de soldadura feitas por robots numa linha de produção. Isto permite que mais carros sejam fabricados num dado período de tempo através da redução da necessidade de recursos adicionais na estufa de pintura, a parte mais dispendiosa no processo de fabrico de automóveis.

Nos serviços financeiros, uma das principais instituições financeiras do Reino Unido está a explorar o modo como a Fujitsu Digital Annealer pode optimizar os seus portfólios de investimento em tempo real. Outros exemplos incluem a maximização do retorno sobre o investimento para as empresas de utilities e, no sector farmacêutico, a descoberta de novas substâncias e o desenvolvimento de novos medicamentos.

Mais exemplos de casos de uso de optimização combinatória incluem a melhoria da eficiência no carregamento de camiões para organizações de transporte e logística. A Fujitsu também aproveita a solução Digital Annealer nas suas próprias fábricas, em que otimizou o inventário e reduziu as distâncias percorridas pelos trabalhadores em 45 por cento por mês, com a consequência redução do tempo não produtivo. Os governos também estão cativados com a possibilidade de alcançar mais depressa os objetivos das alterações climáticas, através, por exemplo, da otimização dos sistemas de transporte para levar em conta as condições de tráfego em tempo real, contribuindo assim para reduzir a poluição.

Recomendado pelos leitores

Ainda usa o iPhone 5 ou abaixo? Antes de domingo leia esta notícia
SOFTWARE

Ainda usa o iPhone 5 ou abaixo? Antes de domingo leia esta notícia

LER MAIS

OutSystems celebra acordo com Workato
SOFTWARE

OutSystems celebra acordo com Workato

LER MAIS

Experiência do Google Chrome causa falhas em milhares de empresas
SOFTWARE

Experiência do Google Chrome causa falhas em milhares de empresas

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 62 NOVEMBRO 2019

IT CHANNEL Nº 62 NOVEMBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.