2021-6-17

SERVIÇOS

Advertorial

“Sabemos que o SaaS é o futuro e queremos continuar a acompanhar o Canal na sua transição”

Hugo Oliveira é Sales Director da Sage Portugal e fala sobre a importância da aposta em SaaS, da relação com os Parceiros e da solução Sage X3

Hugo Oliveira, Sales Director da Sage Portugal

Software-as-a-Service é uma realidade no portfólio da Sage. Quais as principais vantagens de contar com este modelo?

A evolução está no ADN da Sage, e é por isso que já há muito tempo temos o nosso portefólio preparado para cloud, de forma a podermos antecipar tendências e tirar o máximo partido do modelo SaaS. A sua principal vantagem é a flexibilidade, pois permite às empresas contratar apenas os recursos necessários para enfrentar determinada situação e ir crescendo a par do negócio. Outra questão, agora mais importante do que nunca, é o facto de tudo estar alojado na cloud, permitindo trabalhar e manter a produtividade em qualquer lugar e em qualquer dispositivo, com informação em dia e pronta a ser consultada. A disponibilidade é elevadíssima (na ordem dos 99%), o que garante a continuidade do negócio e também a segurança dos dados, já que a cloud não requer tanta manutenção e está sempre acessível. O custo inicial é mais reduzido e a implementação mais rápida do que noutros modelos, e funciona num modelo de receitas recorrentes que permite construir valor ao longo do tempo.

Como é que a empresa tem apoiado os seus Parceiros nesta realidade?

Apoiar o nosso Canal na transição para o modelo SaaS tem sido um dos grandes reptos da Sage nos últimos anos. Temos apostado muito na formação/certificação dos nossos Parceiros para que sejam especialistas em SaaS, primeiro passo essencial para que possam tirar partido de todas as suas vantagens e levá-las aos clientes. Com o SaaS os nossos Parceiros podem apostar na diferenciação, com a venda de produtos/serviços complementares; investir na especialização em áreas verticais para cobrir necessidades específicas e até criar novas soluções – tudo isto consolida a sua proposta de valor. O SaaS abre portas a uma nova relação com os clientes, com uma proximidade que permite apresentar-lhes estratégias de longo prazo que acompanham o seu crescimento, e assim conseguir valor acrescentado ao longo do tempo.

De que forma é que a solução Sage X3 tem beneficiado as empresas de grandes dimensões?

O Sage X3 é uma solução de gestão empresarial de próxima geração que ajuda as empresas a crescer mais rápido, com uma gestão e organização eficientes. Proporciona uma gestão financeira, da cadeia de distribuição e da produção mais rápidas, intuitivas e adaptáveis e permite, ao mesmo tempo, reduzir os custos e a complexidade dos sistemas ERP tradicionais. O X3 demonstra muito bem o nosso empenho em conseguir soluções cloud líderes, que apoiam as empresas na sua digitalização e as capacitam para o trabalho remoto, controlando todo o negócio a partir de uma interface única e muito fácil de utilizar. Em Portugal o Sage X3 está a apoiar a gestão de mais de 500 empresas de todas as indústrias, de Norte a Sul do país, a grande maioria delas instalada em ambiente cloud. Trata-se da solução mais adequada, no que se refere à relação preço/qualidade, robustez e tecnologia, ao Mid Market português. Algumas soluções locais não atingem os níveis de qualidade do X3 e outras, globais, não foram pensadas para o tecido empresarial português – que, embora tenha o mesmo dinamismo e complexidade do que encontramos noutros países, não comporta uma estrutura de custos para os manter.

Expectativas e objetivos para o futuro para a aposta SaaS da Sage?

O nosso objetivo é continuarmos a ser a melhor empresa de SaaS do mercado – e a nossa liderança no mercado português é um indicador de que o estamos a conseguir. Sabemos que o SaaS é o futuro e queremos continuar a acompanhar o Canal na sua transição – gradual, mas urgente – para esta realidade, que lhes poderá garantir lucros mesmo perante cenários mais adversos. O objetivo da Sage é ser uma “Great SaaS Company” e isso significa ter todo o nosso portefólio em SaaS. Em Portugal essa transformação está a decorrer a um excelente ritmo: por exemplo, todo o portefólio de soluções Mid Market já disponível em SaaS; o mês passado lançámos o Sage XRT em SaaS, e contamos migrar já este ano 50% dos clientes para esta realidade.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela Sage

TAGS

Sage

IT CHANNEL Nº 83 DEZEMBRO 2021

IT CHANNEL Nº 83 DEZEMBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.