2021-4-28

SEGURANÇA

Vendas de solução de segurança SaaS no Canal crescem 11%

O aumento dos gastos com a segurança na cloud pode dever-se à tendência de trabalhar a partir de casa, levando as empresas a investir em ofertas SaaS para garantir que os funcionários e seus dispositivos permanecem protegidos

As vendas de produtos de cibersegurança Software-as-a-Service (SaaS) no Canal aumentaram nos primeiros três meses de 2021, enquanto as receitas de segurança de rede e ponto final recuperaram no início de abril, de acordo com os últimos dados do Context.

Em termos de países individuais, a França (41%) teve o início mais forte do ano em termos de gastos de segurança SaaS, com o Reino Unido (14%) e Itália (11%) a terem também um bom desempenho, enquanto em Espanha houve uma queda de 27%.

Enquanto as vendas de produtos de segurança de ponta através da distribuição diminuíram 21% e as vendas de segurança da rede caíram 12% em termos homólogos no primeiro trimestre, os gastos com a segurança na cloud aumentaram quase 11% durante o mesmo período. Isto pode dever-se à tendência de trabalhar a partir de casa durante o bloqueio, levando as empresas a investir em ofertas SaaS para garantir que os trabalhadores de trabalho remoto e seus dispositivos permanecem protegidos.

No mercado de segurança na cloud, o maior crescimento homólogo foi para o segmento de prevenção de perdas de dados (138%), seguido da gestão do controlo (98%), segurança de correio (27%) segurança na rede (20%).

Como um dos maiores segmentos de produtos, a gestão de controlo está a impulsionar um impulso impressionante no mercado de segurança SaaS.

"O aumento da gestão do controlo pode ser visto no contexto da mudança para um trabalho remoto massivo em toda a região e investimentos corporativos em Infraestruturas como um Serviço (IaaS) e Platform-as-a-Service (Paas)", explica Joe Turner, Diretor de Investigação e Desenvolvimento de Negócios do Contexto.

Turner acredita ainda que "é provável que continue a investir em todas as áreas da cibersegurança, dada a escalada da atividade de ameaças, especialmente o ransomware direcionado para organizações de saúde e instituições públicas que já estão sobrecarregadas pela carga de trabalho COVID-19".

Recomendado pelos leitores

Reguladora da UE diz que reconhecimento facial devia ser banido
SEGURANÇA

Reguladora da UE diz que reconhecimento facial devia ser banido

LER MAIS

Ciberinteligência, um passo além da cibersegurança
SEGURANÇA

Ciberinteligência, um passo além da cibersegurança

LER MAIS

Microsoft anuncia plano de limitação de dados no espaço europeu
SEGURANÇA

Microsoft anuncia plano de limitação de dados no espaço europeu

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 77 MAIO 2021

IT CHANNEL Nº 77 MAIO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.