Diana Ribeiro Santos em 2020-6-19

NEGÓCIOS

Case Study

“A nossa visão é simples: vemos o SaaS como o futuro”

A Mobrand é uma empresa de tecnologia de anúncios que pretende criar valor na indústria de marketing digital de desempenho. A OVHcloud é o seu Parceiro tecnológico desde o início da fundação

Mobrand 

A Mobrand começou por ser uma startup focada na promoção de aplicações móveis com apenas “quatro sonhadores portugueses da cidade de Lisboa”: um business developer, um engenheiro informático, um frontend e um backend developer.

Fundada em 2015, a Mobrand já atingiu um volume de negócios de 15 milhões de euros e tem cerca de mil Parceiros no mundo inteiro, embora este número esteja já um pouco desatualizado, visto que estão a ser lançados novos produtos, a assistir a novos eventos do setor e a aproximar-se de novos mercados.

Atualmente, a Mobrand conta com 20 funcionários de diferentes nacionalidades, trabalha com a sua própria tecnologia, alimentada pela OVHcloud, e ainda com outros verticais de desempenho como mobile content e lead generation. Estão ainda a mudar para um fornecedor SaaS com ferramentas de antifraude e conformidade de anúncios para a indústria de marketing digital de desempenho.

Sendo uma empresa líder em tecnologia de anúncios que pretende criar valor na indústria de marketing digital de desempenho, criaram um software como um produto de serviço, para auxiliar as organizações na procura de fornecedores de ferramentas eficientes, e ajudar as empresas desta indústria a alcançar o sucesso.

“Olhando para trás, podemos ver que o nosso sucesso como startup foi impulsionado pelos nossos esforços e crença nos produtos que estávamos a desenvolver, mas também devido a uma melhoria constante desses mesmos produtos”, garante Rui Mateus, CTO da Mobrand. Assim sendo, o principal objetivo da Mobrand é continuar a desenvolver a sua tecnologia, sempre focada no desenvolvimento de software SaaS, pois garantem que “a nossa visão é simples, vemos o SaaS como o futuro”.

O cenário tecnológico 

A Mobrand lida com milhares de transações por segundo, o que significa que, para obter o máximo dos recursos de computação, têm de investigar os fornecedores de bare metal. “Exigimos anfitriões sem quota de recursos que nos permitam fazer todos os ajustes que queremos entre o hardware e a nossa stack. A OVHcloud forneceu os preços mais competitivos por recurso de computação”, explica o CTO da Mobrand.

Porquê a OVHcloud?

Rui Mateus partilha que a OVHcloud é o Parceiro tecnológico desde o início da fundação da Mobrand, devido à relação custo/eficácia. “Começámos com a SoYouStart, com três bare metal services e atualmente contamos com mais de 40 bare metal hosts”.

A Mobrand ressalva ainda o facto da OVHcloud ser um fornecedor muito fiável e garante que o suporte é bastante rápido, para além de apresentar diversas opções de servidor, a rede ser sempre estável e rápida, e a funcionalidade vRack permitir ainda soluções de infraestrutura flexíveis.

“Estamos muito orgulhosos por poder apoiar a Mobrand no seu crescimento dos últimos anos, e de ter contribuído para a expansão internacional de uma empresa jovem e muito dinâmica. Uma infraestrutura sólida e segura permite e acelera o negócio digital, e cumpre os requisitos de uma vasta gama de utilizadores finais no mundo inteiro”, afirma John Gazal, VP Sales & Marketing, Southern Europe & Brazil da OVHcloud.

O impacto da COVID-19

“Como somos uma empresa digital, a pandemia não representou um desafio tão grande em comparação com o que outras empresas passaram. Tivemos de nos adaptar à situação do trabalho remoto, mas não foi um desafio tão grande, porque já estávamos em vias de implementar uma política de trabalho remoto mensal para os nossos colaboradores, e as bases necessárias para essa política já estavam estruturadas, só tivemos de acelerar o processo” garante Rui Mateus.

A COVID-19 teve um impacto nos negócios nas primeiras semanas como para a maior parte da indústria, no entanto, a Mobrand acredita que esta situação os obrigou a pensar “fora da caixa” e explorar novas formas de fazer negócios, como encontrar novos Parceiros, novos verticais, gerir pagamentos mais rápidos para publicidades, entre outros.

“Temos uma equipa jovem, forte e motivada que se adaptou muito rapidamente às mudanças do mercado. Com a ajuda dos nossos Parceiros e dos seus contributos, conseguimos fazer a mudança para o ‘modo Coronavírus’ e responder às necessidades do mercado, mais fortes do que nunca”, conclui. 

Recomendado pelos leitores

Fornecedores do setor público: é hora de aderir à faturação eletrónica
NEGÓCIOS

Fornecedores do setor público: é hora de aderir à faturação eletrónica

LER MAIS

Dynabook Portugal anuncia diretor comercial
NEGÓCIOS

Dynabook Portugal anuncia diretor comercial

LER MAIS

Sage reforça aposta na digitalização
NEGÓCIOS

Sage reforça aposta na digitalização

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 72 NOVEMBRO 2020

IT CHANNEL Nº 72 NOVEMBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.