Antonio Correia, Area Sales Manager da WatchGuard Portugal em 2022-12-21

OPINIÃO

Como podem os MSP impulsionar a adoção da segurança unificada

Em ambientes empresariais, tornou-se necessário adotar processos robustos para identificar, classificar, corrigir e mitigar vulnerabilidades antes que os cibercriminosos as explorem. Uma estratégia de cibersegurança eficiente e proativa precisa ter múltiplas camadas e antecipar desafios de todos os ângulos

Como podem os MSP impulsionar a adoção da segurança unificada

Antonio Correia, Area Sales Manager da WatchGuard Portugal

Embora o aumento no número de soluções implementadas para proteger a superfície de ataque pareça ser a resposta, verifica-se o contrário. Uma abordagem proativa envolve a redução do número de fornecedores de cibersegurança. Atualmente, usar mais ferramentas não é o segredo para o sucesso da segurança das empresas.

Segundo a Gartner, os responsáveis pela segurança e risco estão cada vez mais insatisfeitos com a falta de eficiência operacional e de integração entre soluções heterogéneas de cibersegurança. Neste contexto, um estudo da Pulse revelou que os MSP acreditam que a eficiência poderia ser melhorada em até 10% se a gestão de cibersegurança dos clientes fosse realizada num único interface, eliminando a necessidade de alternar entre diferentes menus e ecrãs. O primeiro benefício da consolidação de fornecedores de cibersegurança é a melhoria da postura de risco e muitos MSP já estão conscientes disso. 

Apesar disso, ainda há dúvidas sobre os argumentos a usar para convencer os clientes a adotarem uma abordagem de segurança unificada.

Argumentos convincentes para uma plataforma de segurança única

Para obter uma proteção abrangente, precisa de simplificar a administração da solução. O uso de diferentes tecnologias podem criar falhas de segurança e exigir formações demoradas sobre cada interface, além de reduzir a visibilidade.

Ao aprender a usar uma única plataforma e todos os seus recursos, as equipas podem dar suporte aos clientes e oferecer serviços e recursos adicionais com confiança. Agora, para transmitir essa visão aos clientes, os MSP precisam de destacar os seguintes aspetos de uma abordagem com plataforma de segurança unificada:

  • Segurança abrangente: ao adotar uma abordagem de segurança unificada, tem acesso a um portfólio abrangente de soluções de cibersegurança adaptadas às necessidades e às especificações de empresas de todos os tamanhos. Assim, os MSP aproveitam mais os investimentos e oferecem uma maior proteção aos utilizadores através de um ecossistema em que as tecnologias são agrupadas na mesma consola e trabalham melhor juntas. E há mais uma vantagem: é a plataforma que faz o trabalho mais pesado, não a equipa;
  • Clareza e controlo: com um painel simplificado e uma interface de cloud intuitiva, consegue disponibilizar, oferecer e gerir hardware, software e serviços de cibersegurança por assinatura, com relatórios e administração consolidados. Além disso, com a visibilidade da plataforma, é mais fácil acompanhar o que está a acontecer na rede e exercer um controlo efetivo sobre a segurança;
  • Melhoria da operacionalidade: a plataforma elimina a complexidade operacional das empresas ao fornecer acesso direto à API. Além disso, é possível aceder a um amplo ecossistema de integrações prontas para utilização;
  • Conhecimento partilhado: adotar uma postura zero-trust com conhecimento partilhado é fundamental. Com a deteção e resposta a ameaças, os MSP podem recolher dados de eventos da firewall e de fontes de inteligência corporativa contra ameaças, que podem ser analisados para atribuir uma avaliação e classificar ameaças end-to-end. Assim, a equipa pode responder às ameaças de forma rápida e confiável;
  • Baseada em automação: isso ajuda a reduzir erros humanos e economiza recursos, trazendo simplicidade e escalabilidade para a segurança;
  • Promove a redução de custos: a Gartner ressalta que a redução de custos não deve ser o principal argumento na decisão de consolidar provedores de cibersegurança. Mesmo que seja verdade, a segurança deve ser preponderante. Se a proteção estiver garantida, os custos passam a ser um fator importante. Uma plataforma unificada reduz os custos, o que resulta em menos tempo gasto a alternar entre soluções. Além disso, isso permite uma formação mais rápida da equipa (por ser um interface único), assim como a possibilidade de receber um desconto maior do fornecedor de cibersegurança. 

Unir soluções e preparar a cibersegurança para o futuro

A preparação para o futuro parece ser uma tarefa complexa, mas pode ser mais acessível se escolher o fornecedor certo. Adotar a melhor plataforma de fornecedor único para suas necessidades facilitará a monitorização de segurança. Isso já é importante agora e, provavelmente, será essencial para enfrentar ameaças avançadas e desconhecidas no futuro. Mais ainda se considerarmos o boom de dispositivos móveis conectados a redes corporativas, uma tendência na origem da extensão da superfície de ataque que continuará a consolidar-se nos próximos meses.

Outra vantagem da Parceria com um único fornecedor é que, no caso de um incidente de cibersegurança, é mais fácil e conveniente ter apenas um ponto de contato para ajudar a identificar e mitigar o problema. 

Recomendado pelos leitores

Como pode a impressão 3D revolucionar o mercado
OPINIÃO

Como pode a impressão 3D revolucionar o mercado

LER MAIS

Programas de Canal 2023

Programas de Canal 2023

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.