Jorge Bento em 2022-4-11

OPINIÃO

Editorial

A isto chama-se inflação!

A pressão inflacionária já estava ligada ao Canal na medida em que a escassez de componentes, os constrangimentos na cadeia de fornecimento e a alta procura por produtos de tecnologia já conspiravam para aumentar os preços

Pode-se dizer que a inflação chegou ao Canal IT, meses antes de chegar ao carrinho de supermercado do consumidor. A guerra foi o acelerador não antecipável na variável energia, para levar a inflação perigosamente pertos dos dois dígitos.

Esse é o nível do botão de pânico!

Fabricantes e Parceiros estão algo silenciosos sobre o impacto que a inflação e os aumentos de preços estão a ter nas vendas indiretas. Como vários fabricantes relataram, a necessidade e a procura dos clientes são suficientemente altas para manter o sales pipe. Tome-se, por exemplo, a Dell, que fechou recentemente o seu ano fiscal em nível recorde de volume de vendas.

No entanto, a compreensão e a necessidade dos clientes face ao aumento de preços irão apenas até certo ponto. Alguns fabricantes estão a ver os clientes a comprarem alternativas de baixa qualidade para satisfazer as suas necessidades imediatas.

Além disso, os aumentos de preços não se traduzem, necessariamente, em resultado líquido. Alguns fabricantes veem que a maioria das suas vendas de Canal passam por preços especiais, com descontos acima do habitualmente praticado. Para os clientes, é uma questão de manter os custos. Para parceiros, trata-se de preservar margens.

Mesmo sem pressão inflacionária sobre os preços, muitos fabricantes têm apostado no corte de custos de produção no entry-level. Um velho truque para manter as margens e construir market share é tirar o custo da produção de produtos, trocando componentes por alternativas mais baratas. Os fabricantes dizem que há pouco espaço para cortes de componentes e que os aumentos de custos anulam as poucas oportunidades.

Com base nas previsões dos analistas do mercado, acreditamos que a inflação continuará a pressionar os fabricantes e o Canal pelos próximos 18 meses, para além do antecipável a nível macro económico.
O stress na cadeia de fornecimento de componentes não tem solução rápida, pese ser espectável alguma melhoria a partir do segundo semestre deste ano.
Em defenitivo o ritmo da inovação tecnológica, o aumento de casos de uso de chips, é superior a capacidade da industria de componentes corresponder em quantidade.

As pressões de inflação aumentarão o atrito entre fabricantes e Parceiros, cada um tentando manter a sua receita e margens no meio de uma procura variável dos clientes por produtos e serviços. O resultado será uma necessidade crescente de ajustar as estratégias e Programas do Canal para compensar as tensões, possíveis retrações no desempenho do Canal e a adoção de novas estratégias para o mercado.


Jorge Bento

Diretor do IT Channel

Recomendado pelos leitores

O lanterna vermelha
OPINIÃO

O lanterna vermelha

LER MAIS

Disrupções nas cadeias de valor podem custar 920 milhões de euros ao PIB europeu
OPINIÃO

Disrupções nas cadeias de valor podem custar 920 milhões de euros ao PIB europeu

LER MAIS

Uma fábrica longe de mais
OPINIÃO

Uma fábrica longe de mais

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 88 JUNHO 2022

IT CHANNEL Nº 88 JUNHO 2022

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.