2020-9-22

NEGÓCIOS

Advertorial

O Futuro do Trabalho - Um novo imperativo de negócios

Os escritórios das “nove às cinco” são uma relíquia do passado

Para a nova geração de colaboradores (particularmente millennials, mas cada vez mais geração Z), o local de trabalho não é um ambiente estático ou limitado a horários específicos, mas sim que opera em qualquer lugar, a qualquer hora, em qualquer dispositivo e, essencialmente, que se encaixa no seu modus operandi. Estejam a viajar, fora do local com um cliente ou a trabalhar em casa, esta nova geração de colaboradores transforma qualquer ambiente no seu local de trabalho.

Isto significa que o trabalho depende menos do local e do tempo, uma vez que os colaboradores utilizam uma mistura de tecnologias físicas, digitais e imersivas para transformar qualquer ambiente num “Workspace”.

No essencial, o WorkSpace do futuro é um ambiente de trabalho aberto, flexível e altamente conectado, no qual os colaboradores desfrutam de mobilidade, colaboração externa e acesso seguro às ferramentas e dados certos para cumprir as suas funções com rapidez e facilidade.

Protegendo o local de trabalho: “By design and by default”

Como os novos estilos de trabalho são mais abertos, flexíveis e colaborativos, os departamentos de TI têm a função de apoiar os colaboradores e, ao mesmo tempo, proteger os ativos corporativos e a privacidade pessoal. Isto é muito desafiador devido ao cenário dinâmico de ameaças, à estrutura regulatória e ao amplo uso de Shadow IT pela maioria dos colaboradores. Portanto, não é surpresa que a segurança e a proteção da privacidade de dados sejam o maior investimento em TI para 57% das organizações digitais atualmente.

O RGPD transformou a adoção da segurança no local de trabalho, não apenas na Europa, mas também globalmente.

Para fins de conformidade com o RGPD, as empresas devem proteger os seus sistemas contra ataques cibernéticos e contra ameaças internas de funcionários – tanto acidentais quanto maliciosas. A segurança deve ser integrada no plano de qual O Futuro do Trabalho Um novo imperativo de negócios Os escritórios das “nove às cinco” são uma relíquia do passado quer iniciativa digital, deve ser “by design and by default” e tem que ser pensada previamente.

Do ponto de vista da gestão, o enterprise mobility management (EMM) está a ser expandido para suportar o moderno PC, naquilo que a IDC chama de Unified Endpoint Management (UEM). A IDC acredita que perto de 70% dos dispositivos Windows são atualmente geridos via UEM, com claros benefícios para os utilizadores e departamentos IT.

Procurando uma melhor cultura de trabalho

De forma a atrair os colaboradores mais talentosos, as organizações precisam de utilizar mais do que a remuneração, benefícios ou a notoriedade da empresa.

Os recém-chegados ao mercado de trabalho, como millennials e geração Z, procuram ambientes de trabalho colaborativos e inclusivos onde se sintam valorizados, e parte de uma equipa ágil e inovadora.

Ambientes de trabalho altamente colaborativos

O provérbio “Se quer ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá acompanhado” enquadra-se bem com o futuro da cultura de trabalho.

De acordo com a Harvard Business Review Analytic Service Survey, março de 2018, as empresas com um alto grau de intraconetividade e colaboração têm duas vezes mais probabilidade de alcançar uma melhor posição de mercado do que as suas concorrentes. Além disso, 40% das empresas altamente intraconectadas afirmam que a sua receita cresceu mais de 10% nos últimos dois anos, contra apenas 29% das empresas com colaboração insuficiente. Uma força de trabalho conectada e colaborativa, com os dados certos, ajuda as empresas a operar com mais agilidade.

Novos modelos de consumo de tecnologia

A mudança para um modelo de tecnologia de consumo baseada em subcrição, está a ganhar aceitação em muitas organizações e revela uma mudança cultural de “ter” para “usar” os ativos.

No que diz respeito aos dispositivos, o fenómeno BYOx está a perder relevância no Futuro do Trabalho e novos modelos de aquisição estão a ganhar popularidade, principalmente o dispositivo como serviço (DaaS). Uma combinação de combate aos riscos de segurança e do facto de que os novos colaboradores esperam que os seus dispositivos de trabalho sejam superiores aos seus dispositivos pessoais, pode explicar em parte a tendência atual de colaboradores que optam por dispositivos corporativos no trabalho.

DaaS é ideal para empresas em processo de transformação do local de trabalho, atendendo aos requisitos dos departamentos de TI e dos utilizadores finais com uma plataforma ágil, segura em toda a organização e adaptada aos colaboradores.

Mais do que uma revolução tecnológica

Embora muitas tecnologias estejam a desempenhar um papel no conceito do Futuro do Trabalho, as soluções de mobilidade e colaboração são as que mais potenciam as equipas.

Conforme as empresas transformam os seus espaços de trabalho, estamos a assistir não apenas a uma revolução tecnológica, mas também a uma transformação cultural e organizacional com os colaboradores no seu centro.

O Futuro do Trabalho é um imperativo de toda a empresa para impulsionar a produtividade, agilidade e envolvimento da força de trabalho. Requer liderança dos CxO e colaboração íntima entre TI, Direção, RH e as equipas de gestão dos espaços e equipamentos, para fornecer soluções de tecnologia diferenciadoras que vão impulsionar a obtenção de resultados da empresa mas também garantir a retenção de talentos.

Resumo “The Future of Work” da IDC, ANGELA SALMERON e ANDREW BUSS

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela HP

TAGS

HP

Recomendado pelos leitores

IBM vai dividir-se em duas empresas
NEGÓCIOS

IBM vai dividir-se em duas empresas

LER MAIS

Esprinet conclui aquisição da GTI
NEGÓCIOS

Esprinet conclui aquisição da GTI

LER MAIS

Kaspersky tem novo responsável de Canal de Parceiros para Portugal
NEGÓCIOS

Kaspersky tem novo responsável de Canal de Parceiros para Portugal

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 71 OUTUBRO 2020

IT CHANNEL Nº 71 OUTUBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.