2019-10-08

NEGÓCIOS

IBM apresenta novo mainframe z15

O z15 é o novo mainframe da IBM e, segundo a empresa, garante a segurança em ambientes multicloud híbridos. Este mainframe surge após quatro anos de desenvolvimento técnico, com mais de três mil patentes de IBM Z

O sistema IBM z15 surge após quatro anos de desenvolvimento técnico, com mais de três mil patentes de IBM Z, emitidas e em processo, e resulta  da colaboração com mais de cem empresas. As inovações-chave do z15 incluem:

  • Encriptação extensiva – Com a nova tecnologia Data Privacy Passports da IBM, as empresas passam a ter um maior controlo no armazenamento e partilha dos seus dados. Estes “passaportes” permitem disponibilizar ou restringir o acesso aos dados a qualquer altura, não apenas no z15, como também no ambiente híbrido multicloud de uma empresa, permitindo assim às empresas proteger os seus dados, independentemente da sua circulação;
  • Desenvolvimento Nativo na Cloud – Proporciona aos clientes uma vantagem competitiva, uma vez que permite modernizar as aplicações criadas nos seus sistemas, assim como construir novas aplicações nativas na cloud, integrando-as de forma segura;
  • Recuperação instantânea- Esta inovação permite aos utilizadores limitar o impacto negativo de uma interrupção de sistema, dando-lhes capacidade total do sistema enquanto os serviços são reinicializados, recuperando rapidamente o tempo perdido.

Com o z15, o processo de encriptação extensiva está desenhado para poder ser expandido na empresa, reforçando a proteção de dados mesmo quando estes circulam fora da plataforma. Com esta capacidade, as empresas podem oferecer aos seus clientes um maior controlo sobre a forma como os seus dados pessoais são usados.

Em agosto de 2019 a IBM anunciou a intenção de disponibilizar Red Hat OpenShift no IBM Z e LinuxONE. Esta solução irá permitir acelerar a transformação para uma maior portabilidade e agilidade, através de ferramentas integradas e um ecossistema rico em capacidades para o desenvolvimento nativo da Cloud com IBM Z e LinuxONE. Os programadores vão poder implementar aplicações z/OS em OpenShift sem necessidade de competências específicas dos sistemas Z.

No 4.º trimestre deste ano, a IBM irá disponibilizar os IBM Cloud Pak em Linux sobre IBM Z e LinuxONE. Estas ofertas vão contribuir para aumentar o ecossistema de software da IBM, facilitando a implementação híbrida através de clouds múltiplas. Estas soluções, combinadas com as principais plataformas empresariais da IBM, IBM Z e LinuxONE, vão contribuir para reforçar e fortalecer ainda mais a capacidade da IBM em proporcionar uma plataforma cloud múltipla, segura e aberta.

Até agora as empresas apenas completaram 20% da sua jornada para a cloud, uma percentagem que não inclui a transferência de dados associados a conteúdos críticos para o negócio. O IBM z15 dispõe de uma posição de vantagem que ajuda as empresas a dar o passo seguinte na sua transformação digital, de modo a que estas possam migrar as suas cargas de trabalho mais relevantes - os outros 80% -  para a cloud, oferecendo uma plataforma segura, ágil e disponível de forma contínua.

Recomendado pelos leitores

“Hoje, existe a certeza de que a segurança não é um custo, mas sim um investimento”
NEGÓCIOS

“Hoje, existe a certeza de que a segurança não é um custo, mas sim um investimento”

LER MAIS

Primavera destaca-se pela relação transparente com os seus Parceiros
NEGÓCIOS

Primavera destaca-se pela relação transparente com os seus Parceiros

LER MAIS

Xerox faz proposta de aquisição pela HP
NEGÓCIOS

Xerox faz proposta de aquisição pela HP

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 62 NOVEMBRO 2019

IT CHANNEL Nº 62 NOVEMBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.