Camila Vidal em 2019-8-01

NEGÓCIOS

Análise

Dell Technologies: os resultados do país “que afinal não é assim tão pequeno”

Os números portugueses e o caminho para a transformação digital trilhado pela Dell Technologies foram os principais assuntos apresentados pela empresa no seu Fórum de 2019

Isabel Reis (esquerda), diretora-geral de Enterprise da Dell Technologies Portugal & Spain, e Gonçalo Ferreira (direita), diretor-geral da Dell EMC Commercial Portugal

A organização contou 600 pessoas presentes no Centro de Congressos do Estoril para assistirem ao Dell Technologies Forum 2019. A essas seis centenas de participantes foram apresentados os resultados da Dell Technologies em 2018 e as tendências tecnológicas que a empresa identificou para o presente e o futuro do seu negócio.

Fusão com a EMC fez o negócio crescer

A junção da EMC à Dell Technologies, que resultou na Dell EMC, “tem sido um sucesso incrível”, diz Isabel Reis, diretora-geral de Enterprise da Dell Technologies Portugal & Spain. “Os resultados em Portugal cresceram dois dígitos, mais uma vez”. Isabel Reis reforça que os resultados da Dell Technologies em 2018 “ultrapassaram largamente” as suas expectativas - “não que as tivesse baixas, mas não tão altas”.

A diretora-geral de Enterprise assegura que Portugal foi o país que mais cresceu na EMEA, “em 40%”. Gonçalo Ferreira, diretor-geral de Commercial, sublinha a importância deste número e atesta que Portugal é “o país da Europa Ocidental que cresce mais rápido”. Em storage, a quota de mercado da Dell em Portugal já é de 53% em 2019.

O primeiro trimestre do ano também foi “muito positivo” para Portugal, e o investimento “nos países pequenos” está a compensar. “Não partir para o abandono” nos territórios de menores dimensões é uma das bandeiras da Dell, numa altura em que, dizem, outras empresas estão a fazê-lo – o que se tem tornado vantajoso para os investimentos da Dell nestes locais.

Isabel Reis deixa claro que “Portugal é muito bem visto” – um “pequeno país que afinal não é assim tão pequeno”.

As diferenças que fazem com que o mercado nacional se apresente como um ‘gigante’ face ao tamanho do seu território físico são, segundo a responsável, características como o facto de “termos muito bons profissionais, muita criatividade, muito conhecimento” e “os clientes serem muito bem informados”. Gonçalo Ferreira explica que para isto muito contribui o facto de se ter feito um “investimento local em especialistas” nas áreas de negócio da Dell Technologies e “o retorno desse investimento” ter sido, até agora, positivo. A capacitação dos seus recursos humanos, que leva à aproximação do negócio local da Dell EMC, corrobora a visão holística de Isabel Reis em como “o sucesso de qualquer coisa na vida tem a ver com as pessoas”. “Estarmos muito perto do cliente, trazermos valor acrescentado e não exclusivamente vender soluções” é importante e prioritário. Em Portugal, são cerca de cem pessoas a trabalhar na Dell Technologies.

Sensibilização e transformação tecnológica

O Legacy of Good, projeto de responsabilidade social da Dell Technologies, mereceu destaque no encontro. Através desse programa têm vindo a desenvolver-se ações de sensibilização junto de ONG portuguesas e a nível global nas áreas dos direitos humanos e sustentabilidade. A responsabilidade social soma-se ao trabalho de inovação que a empresa apresentou no encontro. O balanço dos trabalhos da Dell, Dell EMC, Pivotal, RSA, SecureWorks, Virtualstream e VMware - sob o ‘chapéu’ da Dell Technologies -, foi apresentado no contexto das soluções de armazenamento, multi- -cloud e estratégia de Canal, enquadrando-se também as tendências de Inteligência Artificial e Internet das Coisas, Computing Power e novas competências do mercado das IT. Gonçalo Ferreira lembrou, em entrevista ao IT Channel à margem do encontro, que “a Dell é a única empresa no planeta que tem a oferta de A a Z”, e que o crescimento se deveu também, em parte, ao “desinvestimento dos concorrentes” em áreas de negócio que lhes pareciam desinteressantes ou ultrapassadas.

Sublinhando o protagonismo que as soluções de cloud têm no ecossistema tecnológico global, o diretor- -geral de Commercial da Dell Technologies Portugal não deixa de referir que “só se fala na cloud, mas para ela existir é preciso hardware” e essa aposta na infraestrutura vai continuar a ser um elemento chave na estratégia da empresa.

Recomendado pelos leitores

Schneider Electric estabelece Parceria com a Brinc
NEGÓCIOS

Schneider Electric estabelece Parceria com a Brinc

LER MAIS

Primavera distingue Parceiros do ano
NEGÓCIOS

Primavera distingue Parceiros do ano

LER MAIS

Gfi compra i2S para crescer no setor dos seguros
NEGÓCIOS

Gfi compra i2S para crescer no setor dos seguros

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 61 OUTUBRO 2019

IT CHANNEL Nº 61 OUTUBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.