2017-3-09

NEGÓCIOS

anturio fecha 2016 com crescimento de 20% em Portugal

Com um crescimento de 20% no mercado nacional, a tecnológica portuguesa fechou 2016 com um volume de faturação de 1,23 milhões de euros

anturio fecha 2016 com crescimento de 20% em Portugal

O crescimento do negócio em Portugal atingiu os 18% e nos mercados internacionais ascendeu aos 60%, com destaque para o desempenho da anturio Moçambique.

“O ano 2016 foi de investimento nas pessoas, na equipa e em novas aquisições no território nacional”, explica Duarte Freitas, CEO da anturio. “O resultado deste investimento está a aparecer agora, como comprova o facto de, até fevereiro deste ano, termos atingido já o nível de faturação de todo o primeiro trimestre de 2016”.

Entre as regiões que mais se destacaram, encontra-se Moçambique, apesar da delicada situação económica do país. O negócio internacional representa, inclusive, já mais de 7% da faturação global da anturio, apresentando taxas de crescimento na ordem dos 80% nos primeiros meses de 2017.

“O mês de Fevereiro de 2017 foi o melhor de toda a história da Anturio, pelo que toda a equipa está de parabéns”, revela o CEO. Além da aposta no Algarve, a anturio procedeu à aquisição de uma empresa de Lisboa - a Bidabest –, o que permitiu reforçar a sua posição e presença na capital. Esta fusão permitiu também reforçar a equipa técnica e comercial em Lisboa e na Madeira.

A anturio reforçou ainda as equipas em todo o país, nomeadamente em Lisboa, Setúbal, Madeira e Algarve. Em 2016, entraram 10 pessoas, para as áreas técnica, comercial e administrativa.Ao longo de 2017 a anturio pretende efetuar novas contratações, sobretudo de business managers e consultores para Portugal e Moçambique.

“O ano 2017 começou com o aumento da equipa na Madeira e irá acabar com uma aposta consolidada no Porto, que carece cada vez mais dos nossos serviços”, desvenda Duarte Freitas.

O arranque do ano permite aos responsáveis da anturio estarem otimistas para 2017. O objetivo passa por crescer 50% este ano, com um investimento forte e contínuo no Algarve, Madeira e Porto. “Poderão haver ainda novidades ao nível dos mercados internacionais”, salienta o CEO.

Recomendado pelos leitores

Suprides é agora associada da ASEMINFOR
NEGÓCIOS

Suprides é agora associada da ASEMINFOR

LER MAIS

IBM lança Programa IBM Partner Plus
NEGÓCIOS

IBM lança Programa IBM Partner Plus

LER MAIS

PCDiga posiciona-se no mercado com hardware e computing para todos os gostos
NEGÓCIOS

PCDiga posiciona-se no mercado com hardware e computing para todos os gostos

LER MAIS

Programas de Canal 2023

Programas de Canal 2023

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.