2018-6-29

EVENTOS

Fujitsu World Tour 2018 volta a destacar a importância da co-criação para o sucesso das organizações

A transformação digital ainda não é uma realidade cem por cento transversal a todas as organizações. Numa era em que a agilidade das operações é mais importante do que nunca, a Fujitsu apresenta uma proposta de valor assente no seu conceito de co-criação digital para o sucesso das organizações que querem rumar em direção à disrupção digital

Carlos Barros, diretor-geral da Fujitsu Portugal

O Fujitsu World Tour 2018 voltou a reunir, em Lisboa, Parceiros e clientes da empresa nipónica. De olhos postos no futuro dos negócios, para a Fujitsu já não faz sentido pensar as empresas continuarem a operar de forma tradicional.

A transformação digital não gira em torno da tecnologia, mas sim de modelos de negócio e, para conseguirem ser bem-sucedidas na disrupção digital, as empresas terão de repensar a sua infraestrutura.

Comprometida em ajudar as empresas na sua jornada rumo à transformação digital, a Fujitsu apoia-se num vasto ecossistema de Parceiros, com os quais, sob um conceito de co-criação digital, ajuda as empresas a resolverem os seus problemas.

Esta filosofia valeu, em Portugal, à empresa, um crescimento homólogo de 6% no último ano fiscal, terminado em março. A Fujitsu duplicou os novos negócios no mercado português e ampliou a sua equipa, que cresceu 14%. A empresa, que se afirma como “uma das maiores tecnológicas em Portugal”, tal como referiu Carlos Barros, diretor-geral da Fujitsu Portugal, durante o evento, no que ao número de recursos humanos dize respeito, quer tornar-se num Hub de competências digitais e, para tal, multiplicou por cinco o seu investimento em Investigação e Desenvolvimento.

A apostar fortemente, há cerca de um ano, em três grandes áreas: IoT, automação e Realidade Aumentada, a Fujitsu já tem projetos implementados em conjunto com os seus Parceiros, que visam tornar todos os setores da sociedade mais ágeis, eficientes e inteligentes, desde a agricultura, à manufatura e à saúde.

Empresas estão a investir na digitalização?

De acordo com um estudo da Fujitsu, apresentado por Paul Patterson, senior vice-president, head of sales and country leadership, Fujitsu EMEIA, as empresas estão empenhadas em transformar-se, sendo que 90% destas já têm uma estratégia digital clara traçada. Porém, embora 87% das empresas identifiquem a existência de uma cultura de inovação, 72% revelam também que projetos de menor relevância são a única forma de conseguirem entregar inovação significativa.

Por este motivo, Paul Patterson voltou a focar a importância de as empresas formarem parcerias e trabalharem em conjunto, sendo que, de acordo com o estudo da Fujitsu, 63% das empresas já estão a trabalhar em co-criação.

Recomendado pelos leitores

PHC Open Minds 2019 focado na agilidade das empresas
EVENTOS

PHC Open Minds 2019 focado na agilidade das empresas

LER MAIS

Sage Enterprise Management Partner Summit: caminho para a transformação digital começa nos modelos de negócio
EVENTOS

Sage Enterprise Management Partner Summit: caminho para a transformação digital começa nos modelos de negócio

LER MAIS

SAP reforça crescimento no território português
EVENTOS

SAP reforça crescimento no território português

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 56 ABRIL 2019

IT CHANNEL Nº 56 ABRIL 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.