2020-2-12

EVENTOS

Em atualização - 20h30

Cancelado o Mobile World Congress

O Mobile World Congress, o maior evento de tecnologia na Europa, foi cancelado depois de uma onda de desistências face as crescentes preocupações com o Coronavírus

Face à onda de desistências de grandes expositores e apesar do apoio das autoridades locais catalãs, a organização do Mobile World Congress decidiu, depois de uma tarde de quarta-feira atribulada, pelo cancelamento da edição deste ano do maior evento de tecnologia na Europa.

Na tarde desta quarta-feira a informação foi muito confusa e, mesmo durante a reunião de emergência da GSMA (organizadora do evento), sairam comunicados contraditórios num aparente desnorte sobre qual a atitude a tomar, face à gravidade das indemnizações que essa decisão pode vir a causar e ao facto que a própria associação GSM tinha neste evento a consagração do 5G.

Por outro lado, a pressão tanto das autoridades da Catalunha como do governo central de Espanha fizeram-se sentir todo o dia para que o evento não fosse cancelado.

O ministro espanhol da saúde, Salvador Illa, acabou por vir a terreiro tranquilizar a população e, demarcando-se da decisão tomada pela associação GSM, afirmar que não existem nos critérios de saúde pública motivos para alterar o estado de preparação e os procedimentos existentes no país.

Espanha tem até ao momento dois casos confirmados de COVID-19 (Coronavírus), ambos associados a viagens ao Oriente.
O MWC é o evento de tecnologia no ocidente com mais visitantes e expositores orientais.

A notícia do cancelamento foi adiantada primeiro por vários orgãos de comunicação espanhóis, tendo sido posteriormente confirmada pela GSMA no site do Mobile World Congress.

No comunicado, a organização refere que "desde a primeira edição do Mobile World Congress em Barcelona, em 2006, que a GSMA reuniu a indústria, governos, ministros, formuladores de políticas, operadores e líderes da indústria em todo o ecossistema. Com o devido respeito ao ambiente seguro e saudável de Barcelona e do país anfitrião, hoje a GSMA cancelou o MWC Barcelona 2020 porque a preocupação global com o surto de coronavírus, a preocupação com viagens e outras circunstâncias, impossibilita a realização do evento".

A GSMA acrescenta que "a cidade anfitriã respeita e compreende esta decisão", para além de que todas as partes vão "continuar a trabalhar em uníssono e a apoiar-se mutuamente no MWC Barcelona 2021 e em edições futuras".

Este cancelamento é tambem um golpe para a organização do consórcio GSM que financia muitas das suas atividades através dos lucros gerados no MWC.
Também a cidade de Barcelona vê uma fonte de receita fugir: estima-se que a edição de 2019 tenha gerado 470 milhões de euros para os negócios da cidade durante o evento.

Jusitas consultados pelo jornal El Pais, opinam que o nível de indemenizações as quais a organização tem de fazer face, vai depender da forma como os tribunais vão aceitar o argumento de "motivos de força maior".

Mobile World Congress deveria abrir portas na capital catalã no dia 24 deste mês e eram inicialmente esperados mais de cem mil visitantes provenientes de 200 países  e duas mil empresas e organizações com todos os holofotes em cima do 5G.

 

Atualização às 20h30 do dia 12 de fevereiro: Depois do site do Mobile World Congress ter confirmado o cancelamento do evento.

Recomendado pelos leitores

Oramix sublinha importância da automação, orquestração e dados
EVENTOS

Oramix sublinha importância da automação, orquestração e dados

LER MAIS

Philips apresenta soluções de videoconferência no ISE 2020
EVENTOS

Philips apresenta soluções de videoconferência no ISE 2020

LER MAIS

Building The Future 2020: “O futuro que vamos construir depende dos desafios que enfrentarmos agora”
EVENTOS

Building The Future 2020: “O futuro que vamos construir depende dos desafios que enfrentarmos agora”

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 64 FEVEREIRO 2020

IT CHANNEL Nº 64 FEVEREIRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.