2020-2-10

HARDWARE

Coronavírus irá perturbar mercado chinês de dispositivos

Depois de ter previsto um declínio de 7% nas vendas de smartphones no mercado chinês para 2020, a Canalys prevê que esse decréscimo será de, pelo menos, 40% na mesma região. O mercado de computadores também irá sofrer

Na sua estimativa inicial, a Canalys estimava um declínio de 7% nas vendas de smartphones na China e 8% nas vendas de PC entre o último trimestre de 2019 e o primeiro de 2020. No entanto, diz a Canalys, tendo em conta a situação atual, o declínio foi “dramaticamente revisto” e prevê-se um decréscimo entre os 40% e os 50% nas vendas de smartphones e 20% nos PC.

A situação, alerta a consultora, pode mudar dramaticamente. No entanto, neste momento espera-se que a situação atual mude no fim de fevereiro, sendo que março será o mês onde o trimestre irá recuperar. Apesar da previsão, há quatro fatores-chave que vão impactar a curto prazo o mercado chinês de dispositivos.

Retalho e Canal offline

Dadas as diretrizes de saúde e segurança dadas às empresas e consumidores, houve um impacto imediato nas vendas do retalho. A Apple fechou temporariamente todas as suas lojas na China e é provável que outros fornecedores sigam o exemplo, fechando algumas ou todas as suas lojas em áreas fortemente afetadas ou limitando o horário comercial para cumprir as diretrizes do governo e minimizar o risco potencial de disseminação do vírus. Retalhistas e distribuidores offline, especialmente os menores, provavelmente serão afetados, devido à dependência de um fluxo de caixa e liquidez saudáveis.

Procura do consumidor

As estatísticas anteriores do retalho mostraram que o consumo recuperou rapidamente após a contenção do surto de SARS em 2003. Mas atualmente é difícil prever como a situação do coronavírus se irá desenvolver. O vírus espalhou-se mais amplamente, com um número maior de casos confirmados, num período mais curto do que o SARS. O provável impacto nas pequenas e médias empresas na China, por sua vez, afetará o emprego e o emprego, os aumentos salariais e a renda disponível, especialmente nas áreas mais afetadas. Estes fatores levam a Canalys a dar uma perspetiva conservadora para a China.

Para produtos que são fortemente impulsionados por atualizações de consumidores, como smartphones, o crescimento desacelerará durante todo o ano de 2020, levando a quedas de 10% a 15% em comparação com 2019. Mesmo os dispositivos loT de menor preço, como colunas inteligentes e wearables, provavelmente vão sofrer um grande impacto nas vendas, uma vez que as pessoas se devem concentrar nas necessidades durante este período. Para os dispositivos de produtividade, como notebooks, a procura do setor comercial, especialmente a crescente necessidade de trabalho remoto, ajudará a suportar remessas, enquanto o segmento de consumidores provavelmente diminuirá.

5G e lançamentos de produtos

Os lançamentos de produtos planeados pelos fornecedores serão cancelados ou adiados, uma vez que os grandes eventos públicos não são permitidos na China. O foco do público e dos media está no desenvolvimento de coronavírus, e os fornecedores de tecnologia provavelmente vão interromper as atividades de marketing, pois dificilmente desviarão a atenção para lançamentos de novos produtos, como dispositivos 5G.

Os grandes eventos de lançamento no exterior previamente planeados provavelmente serão suspensos ou reduzidos de tamanho, dadas as proibições e restrições impostas por vários países. Levará tempo para os fornecedores mudarem os seus guiões de lançamento de produtos na China, o que provavelmente reduzirá as vendas de 5G em 2020.

Produção e efeito nos mercados mundiais

Como a produção de smartphones e PC não está concentrada na província de Hubei e a maioria dos fornecedores de componentes, alguns ODM e EMS mantêm níveis mínimos de produção durante o Ano Novo Chinês, não há risco imediato de desligamento da produção. Mas os ODM que montam dispositivos que exigem um grande número de trabalhadores humanos provavelmente seguem as restrições de trabalho impostas pelo governo. Existe um risco elevado de que os fornecedores de componentes e ODM não consigam aumentar a capacidade normal se o surto for prolongado.

Recomendado pelos leitores

Samsung apresenta S20 e novo smartphone dobrável
HARDWARE

Samsung apresenta S20 e novo smartphone dobrável

LER MAIS

Schneider Electric anuncia rack integrado com refrigeração a líquido
HARDWARE

Schneider Electric anuncia rack integrado com refrigeração a líquido

LER MAIS

ThinkPad X1 Fold da Lenovo: o início de uma nova Era de Computação Móvel
HARDWARE

ThinkPad X1 Fold da Lenovo: o início de uma nova Era de Computação Móvel

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 64 FEVEREIRO 2020

IT CHANNEL Nº 64 FEVEREIRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.