2020-3-25

CLOUD

COVID-19. Microsoft estabelece prioridades da capacidade do Azure

Se for necessário, a Microsoft sabe quem terá prioridade na utilização das capacidades do Azure. Na última semana, o Teams, da Microsoft, registou um crescimento de 37,5% de utilizadores

A Microsoft não descarta a possibilidade de existirem restrições de capacidade do Azure resultantes de um aumento na procura de computação cloud durante a pandemia do COVID-19, também conhecido como Coronavírus. 

No caso de existir alguma restrição, a Microsoft compromete-se a priorizar a capacidade cloud para socorristas, bem como para organizações de saúde e Governos. A informação foi partilhada pela própria empresa no seu blog. Outro objetivo e prioridade da empresa é manter a plataforma de colaboração Teams em execução. 

A Microsoft referiu que, “à medida que a procura continua a crescer, se enfrentarmos restrições de capacidade em qualquer região durante este período, temos critérios claros estabelecidos para dar prioridade da nova capacidade da cloud. A principal prioridade será atender os socorristas, serviços de gestão de saúde e emergência, uso organizacional da infraestrutura crítica do Governo e garantir que os funcionários remotos permaneçam em funcionamento com a funcionalidade principal do Teams”. 

A empresa começou a oferecer o Teams gratuitamente durante seis meses para empresas e instituições educacionais, mas observou, na mesma aplicação, que "também consideraremos ajustar as ofertas gratuitas, conforme necessário, para garantir o suporte aos clientes existentes".

Recomendado pelos leitores

Claranet disponibiliza nova versão da Claranet Cloud Platform
CLOUD

Claranet disponibiliza nova versão da Claranet Cloud Platform

LER MAIS

Crayon reforça serviços cloud com AWS
CLOUD

Crayon reforça serviços cloud com AWS

LER MAIS

IT Insight lança whitepaper sobre a importância da cloud na indústria
CLOUD

IT Insight lança whitepaper sobre a importância da cloud na indústria

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.