2021-2-20

SEGURANÇA

Novos recursos da WatchGuard simplificam a gestão para MSP

A WatchGuard unificou ainda mais os serviços de segurança e otimizou os recursos de implementação para os MSP, simplificando, também, a adoção de uma estratégia zero-trust

A WatchGuard anunciou uma série de novas funcionalidades que tornam a WatchGuard Cloud na plataforma de segurança para fornecedores de serviços geridos (MSP). Com uma nova interface única e centralizada para oferecer e gerir segurança de rede, deteção avançada de ameaças, MFA e muito mais, os MSP beneficiarão da gestão de clientes simplificada, permitindo um crescimento rápido, eficiente e rentável do seu negócio. 

Com base na visibilidade de segurança centralizada líder da indústria da WatchGuard Cloud, interface de gestão específico para MSP e relatórios executivos avançados, a versão mais recente incorpora os recursos ThreatSync da WatchGuard, bem como funcionalidades avançadas de gestão de políticas Firebox e de autenticação que permitem a adoção de uma estratégia zero-trust.

Com a WatchGuard Cloud, os MSP conseguem criar modelos de políticas para implementações de segurança fáceis e replicáveis em múltiplas contas de assinantes. A plataforma simplifica a gestão e o reporting em ambientes de segurança Firebox e as implementações da solução MFA AuthPoint  a partir de um único painel, enquanto a sua interface intuitiva ajuda os MSP a minimizar as difíceis e morosas tarefas administrativas e a maximizar, assim, a produtividade e a rentabilidade. 

A nossa visão para a WatchGuard Cloud sempre foi construir uma plataforma de segurança poderosa e alojada na cloud que suporte diretamente a forma como os MSP fazem negócio e que simplifique todos os aspetos da entrega de segurança aos nossos Parceiros”, sublinha Andrew Young, Senior Vice President of Product Management da WatchGuard. “A última edição traz novos níveis de simplicidade, flexibilidade e escalabilidade para implementações de segurança, gestão e relatórios. A evolução contínua da WatchGuard Cloud está a reduzir a barreira de entrada para MSP, permitindo-lhes assim adicionar segurança aos seus portfólios e solidificando-a como a plataforma de gestão de segurança de eleição para o Canal”.

Principais melhoramentos introduzidos na plataforma WatchGuard Cloud:

  • Gestão avançada de políticas de segurança de rede – A WatchGuard Cloud simplifica a criação e gestão de políticas para implementações de serviços de segurança com apenas um clique e políticas pré-configuradas para instalar funcionalidades de verificação e filtragem de conteúdos, inspeção de rede, entre outros serviços, de forma escalável. Os modelos de políticas da WatchGuard Cloud podem ser aplicados em appliances instaladas em múltiplas camadas e níveis, permitindo assim aos MSP adicionar rapidamente novos clientes e a escalar implementações com políticas de grupo e de empresa. Além disso, a inovadora abordagem da WatchGuard à criação de políticas reduz o número de regras que os MSP têm que gerir, o que torna a implementação de mudanças em regras e configurações de auditoria mais rápido e fácil, com menos espaço para erros. 
  • MFA baseado em risco para adoção simplificada de Zero-Trust – Contar com autenticação baseada em risco é uma etapa essencial para as empresas que pretendam adotar uma abordagem de confiança zero, ou Zero-Trust. As novas políticas de risco do AuthPoint na WatchGuard Cloud melhoram os recursos de gestão de identidades, proporcionando regras personalizáveis e flexíveis para configurar utilizadores e dispositivos com base no nível de risco de cada um. Com gestão centralizada e implementação escalável e repetível de políticas através da WatchGuard Cloud, os MSP podem gerir facilmente políticas de autenticação de confiança zero em várias implementações de clientes para evitar ameaças externas e impedir potenciais fugas de dados. Hoje, a estrutura de risco inclui políticas de localização de rede, e a WatchGuard criará rapidamente políticas de risco adicionais, como delimitação geográfica e políticas de tempo correlacionadas.
  • Análise integrada de ameaças end-to-end – A plataforma tira partido do serviço ThreatSync para unificar inteligência de ameaças, correlação e pontuação em todo o stack de segurança WatchGuard, da rede ao utilizador. A telemetria baseada na cloud alerta os endpoints para ataques contra a rede e os dispositivos WatchGuard Firebox para ataques contra endpoints e utilizadores específicos, para uma correção automatizada. 

A autenticação forte sempre foi um componente fundamental da segurança e hoje representa um princípio primordial da abordagem Zero-Trust. Todas as empresas precisam de proteção MFA que seja não só poderosa, como também intuitiva e escalável de gerir”, sublinha Alex Cagnoni, Director of Authentication da WatchGuard. “Esta abordagem simplificada para gerir a autenticação dentro da WatchGuard Cloud é o exemplo mais recente do nosso investimento contínuo em tornar a MFA mais segura, eficaz e fácil de administrar com o AuthPoint”.

Recomendado pelos leitores

Relatório analisa os últimos 20 anos de ciberataques
SEGURANÇA

Relatório analisa os últimos 20 anos de ciberataques

LER MAIS

Arrow inclui soluções Fortinet à plataforma ArrowSphere
SEGURANÇA

Arrow inclui soluções Fortinet à plataforma ArrowSphere

LER MAIS

Segurança Microsoft: A melhor solução para proteger pessoas, dispositivos, aplicações e dados em qualquer lugar ou plataforma
SEGURANÇA

Segurança Microsoft: A melhor solução para proteger pessoas, dispositivos, aplicações e dados em qualquer lugar ou plataforma

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 74 FEVEREIRO 2021

IT CHANNEL Nº 74 FEVEREIRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.