Rui Damião em 2020-8-31

SEGURANÇA

Marketplace da Check Point procura agilizar “o processo de modelagem de soluções” para os Parceiros

A Check Point anunciou o lançamento de um marketplace, em conjunto com a Arrow, para “simplificar o acesso à informação, definição de preços e todo o processo de buying”

Rui Duro, Country Manager da Check Point em Portugal

Recentemente, a Check Point anunciou o lançamento de um novo Programa de distribuição de marketplace. Em conjunto com a Arrow Electronics, a empresa de cibersegurança procura ajudar os Parceiros a alcançar novos clientes e setores de mercado com as suas soluções de segurança de cloud avançada.

Rui Duro, Country Manager da Check Point em Portugal, explica ao IT Channel que este marketplace “agiliza todo o processo de modelagem de soluções de segurança e de pricing para os Parceiros”. Esta solução, esclarece, é uma “one-stop-shop que dá total liberdade de criação de uma solução de segurança à real medida das necessidades de cada cliente”.

Em resumo, Rui Duro refere que este marketplace da Check Point “simplifica o acesso à informação, definição de preços e todo o processo de buying” das soluções de segurança da empresa.

Um dos principais Parceiros da Check Point neste Marketplace é a Arrow, “um parceiro estratégico da Check Point de longa data”. Rui Duro afirma que “a Arrow tem tido um papel fundamental na distribuição das nossas soluções no mercado português” e, como tal, “a Arrow será o ponto central na distribuição de produtos e na gestão de todo o processo de aquisição, tornando mais simples e rápido para os Parceiros e clientes a seleção e aquisição”.

O Country Manager afirma, também, que todos os Parceiros portugueses certificados “poderão naturalmente aceder a este marketplace e obter os benefícios do mesmo”.

Canal da Check Point

Rui Duro refere que, nos últimos anos, a empresa tem vindo a investir no Canal em Portugal, principalmente através da qualificação técnica dos recursos dos seus Parceiros. “A certificação e gestão de proximidade que temos vindo a encetar tornam o nosso Programa de Canal único e muito localizado à realidade portuguesa”, diz.

Para que seja percetível o valor das soluções de cibersegurança da Check Point, é necessário que a empresa faça um “acompanhamento muito personalizado” com os seus Parceiros e que “a formação dos mesmos seja contínua e especializada”, explica.

Mesmo em tempo pandémico, temos continuado com o nosso programa de capacitação de recursos dos nossos Parceiros para que, ao estarem em frente a um cliente, saibam demonstrar todas as capacidades e qualidades das nossas soluções, como demonstrar que a nossa filosofia de gestão de cibersegurança, onde devemos acautelar através da prevenção ao invés de optar-se por uma política de deteção. Não queremos que as empresas tenham de ir atrás do prejuízo”, afirma o Country Manager.

Mercado de cibersegurança

Por esta altura, já é sabido que o contexto pandémico alterou por completo as operações de todas as empresas e o mercado de cibersegurança registou um crescimento maior do que outros no mesmo período, muito pela necessidade de colocar os colaboradores a trabalhar fora do escritório.

Segundo dados da Canalys, o investimento em cibersegurança cresceu 9,7% no primeiro trimestre de 2020 em comparação com o mesmo período do ano anterior. A mesma empresa prevê que, para todo o ano de 2020, o gasto mundial em segurança cibernética vai crescer 5,6% no seu melhor cenário, onde o investimento continua a superar a economia. O valor total das vendas em vários segmentos da cibersegurança deverá atingir os 43,1 mil milhões de dólares. Mesmo no pior cenário da Canalys, se os orçamentos de IT sofrerem sérias pressões, o mercado global de cibersegurança ainda deverá crescer 2,5% durante todo o ano de 2020.

Rui Duro refere que “o mercado de cibersegurança está a ter um forte crescimento no mercado português”. Neste sentido, a pandemia “foi, e continua a ser, uma excelente oportunidade para os Parceiros trabalharem mais próximos da marca e do mercado para fechar projetos e negócios que se vêm agora obrigatória a sua decisão de adoção”.

Recomendado pelos leitores

Hackers continuam a espiar PME
SEGURANÇA

Hackers continuam a espiar PME

LER MAIS

O utilizador, o dispositivo e os dados: os três principais desafios da cibersegurança
SEGURANÇA

O utilizador, o dispositivo e os dados: os três principais desafios da cibersegurança

LER MAIS

Check Point alerta para riscos de apps Fleeceware
SEGURANÇA

Check Point alerta para riscos de apps Fleeceware

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.