2020-7-21

SEGURANÇA

Investimento em cibersegurança vai crescer 6%

A Canalys estima que, durante o ano de 2020, o investimento em cibersegurança vai crescer até 5,6%, na melhor das hipóteses, atingindo os 43,1 mil milhões de dólares

A Canalys prevê que o gasto mundial em segurança cibernética vai crescer 5,6% no seu melhor cenário, onde o investimento continua a superar a economia. O valor total das vendas, que inclui segurança de terminais, segurança da rede, segurança web e email, segurança dos dados e as análises de vulnerabilidade e segurança, deverá atingir os 43,1 mil milhões de dólares. Mesmo no pior cenário da Canalys, se os orçamentos de TI sofrerem sérias pressões, o mercado global de segurança cibernética ainda deverá crescer 2,5% em 2020. Isto pressupõe o nível máximo de impacto económico negativo e a duração da pandemia do COVID-19. 

A segurança cibernética continuará a ser a principal prioridade da maioria das organizações em 2020, à medida que as ameaças e vulnerabilidades persistirem e a conformidade, os regulamentos e os requisitos do ecossistema se fortalecem. A segurança está a sustentar a mudança em massa para o trabalho remoto durante o isolamento social, protegendo endpoints recém-provisionados, fornecendo acesso seguro aos recursos corporativos e estendendo as defesas de perímetro além das redes corporativas físicas. 

"A mudança para subscrições irá proteger a segurança cibernética dos cortes imediatos nos gastos com IT, mas os gastos adicionais serão afetados pelo resto do ano, à medida que as organizações começam o próximo estágio em resposta à pandemia", explicou Matthew Ball, analista-chefe da Canalys. “A mudança de testes gratuitos para assinaturas pagas será um fator para manter o crescimento da segurança cibernética. Mas a combinação de medidas de contenção de custos, redução da força de trabalho e problemas de fluxo de caixa resultará num maior escrutínio dos projetos existentes e acordos menores. Atrasos e cancelamentos de novas iniciativas aumentarão, exceto aqueles que permitem reduções de custos e garantem iniciativas de transformação digital de alta prioridade”.  

As taxas de crescimento da cibersegurança para 2020 variam de acordo com o segmento de tecnologia. A segurança de endpoints terá altas taxas de crescimento, à medida que as práticas de trabalho remoto forem estendidas, embora o momento diminua após um forte investimento no primeiro trimestre, especialmente nos segmentos de clientes de pequenas e médias empresas 

A segurança da rede continuará a ser o maior segmento, com 36% dos gastos. Mas a prioritização dos orçamentos desfocará os gastos nas defesas de perímetro tradicionais baseadas em dispositivos. Isto levará a taxas de crescimento negativas. As organizações terão que aumentar os gastos em outras áreas de segurança para lidar com novas vulnerabilidades criadas por uma força de trabalho mais descentralizada através de prevenção em várias camadas, além de deteção e resposta. Isto irá incorporar segurança na web e email, segurança de dados e análise de vulnerabilidade e segurança. Os gastos também vão mudar para as opções de implementação na cloud e para proteger as cargas de trabalho implantadas na nuvem, à medida que as organizações otimizam as medidas de continuidade de negócios e aceleram a migração na cloud. 

"O trabalho remoto em larga escala permanecerá por muito mais tempo do que o previsto anteriormente, quando o isolamento social entrou em vigor em março", explicou Ketaki Borade, analista da Canalys Research. “Enquanto alguns funcionários voltarão ao local de trabalho nos próximos meses, as organizações terão que manter uma força de trabalho altamente descentralizada que possa trabalhar em qualquer lugar no futuro próximo. Isto inclui uma combinação de trabalhadores remotos e flexíveis, bem como trabalhadores no local, que podem rapidamente passar para o trabalho remoto, se um bloqueio nacional ou localizado surgir novamente”. O estudo mais recente da Canalys para a Europa Ocidental, por exemplo, prevê que a proporção de trabalhadores que trabalham em casa regularmente crescerá de 12% antes da COVID-19 para 28% na era da pandemia pós-COVID-19.

Recomendado pelos leitores

Relatório revela aumento de risco no trabalho remoto
SEGURANÇA

Relatório revela aumento de risco no trabalho remoto

LER MAIS

“Queremos incluir todos os Parceiros Panda no Programa WatchGuard One”
SEGURANÇA

“Queremos incluir todos os Parceiros Panda no Programa WatchGuard One”

LER MAIS

Sophos: a evolução da cibersegurança
SEGURANÇA

Sophos: a evolução da cibersegurança

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 72 NOVEMBRO 2020

IT CHANNEL Nº 72 NOVEMBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.