2019-1-28

SEGURANÇA

Infinidat lança tecnologia SnapSecure para combater ransomware

O novo utilitário lançado pela Infinidat permite gerar snapshots que permanecem inalteráveis, mantendo todas as suas características

A Infinidat anunciou uma nova funcionalidade nos seus sistemas, denominada SnapSecure, que irá permitir às organizações prevenir o impacto dos ataques de ransomware, através da gestão inteligente de snapshots. O SnapSecure já está disponível para os clientes dos sistemas InfiniBox da Infinidat, como atualização gratuita.

“O ransomware tornou-se num pesadelo para a segurança da informação, e uma das suas variantes é atacar os sistemas de backup”, sublinha Eran Brown, CTO EMEA da Infinidat. “Na Infinidat sabemos o papel que os snapshots representam na identificação de ataques de ransomware ativos, já que oferecem uma recuperação ótima sem a necessidade de mover dezenas de terabytes de dados; com esta nova tecnologia, as empresas poderão trabalhar sempre com a confiança de que vão conseguir sempre recuperar os seus dados numa questão de segundos e assim retomar a sua atividade muito rapidamente”.

O SnapSecure permite converter snapshots standard em WORM (Write Once Read Many) instantâneos, que não podem ser modificados nem eliminados, a um ponto predefinido no tempo. Além disso, o snapshot fica totalmente funcional, já que mantem todas as suas capacidades originais de gestão de cópias (criação de cópias editáveis) e de acesso por parte dos utilizadores.

O novo utilitário permite, além disso, estabelecer diferentes tempos de retenção e, dado que todos os acessos às cabinas InfiniBox são realizados através de uma API que não pode ser modificada, inclusive se o ransomware já tiver comprometido as credenciais do administrador, não poderá corromper nem eliminar qualquer uma das suas cópias.

Para casos de retenção legal, o gestor pode saber se os dados ainda estão conservados como “originais" (ou seja, não modificados) ou se os utilizadores tiveram acesso a eles e os alteraram de alguma maneira. Para isso, o SnapSecure classifica os snapshots em diferentes categorias: bloqueado, se não puder ser modificado ou eliminado; expirado, se o bloqueio caducou, mas os dados não foram modificados; ou desbloqueado, se os dados não foram bloqueados, ou foram bloqueados, mas depois modificados. Isso permite aos administradores que desejam ampliar o período de retenção legal saber que os dados nunca foram manipulados durante o tempo em que estiveram desbloqueados.

“Esta nova funcionalidade evitará que muitas grandes empresas fiquem interditas depois de sofrerem um ataque brutal de ransomware”, assegura por seu turno Israel Serrano, Country Manager da Infinidat Iberia. “Além disso, este utilitário é disponibilizado na forma de atualização gratuita, o que ratifica o nosso compromisso ara com a segurança dos dados dos nossos clientes”

Recomendado pelos leitores

Cinco conselhos de cibersegurança para todos os tipos de utilizadores
SEGURANÇA

Cinco conselhos de cibersegurança para todos os tipos de utilizadores

LER MAIS

Reveladas meio milhão de passwords de servidores, routers e dispositivos IoT
SEGURANÇA

Reveladas meio milhão de passwords de servidores, routers e dispositivos IoT

LER MAIS

Claranet lança serviços de cibersegurança avançados
SEGURANÇA

Claranet lança serviços de cibersegurança avançados

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 64 FEVEREIRO 2020

IT CHANNEL Nº 64 FEVEREIRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.