2016-8-05

NEGÓCIOS

Receitas da CGI crescem 4,2% no Q3 de 2016

As receitas da CGI totalizaram os 2,7 mil milhões de dólares no terceiro trimestre de 2016

Os números alcançados pela CGI correspondem a uma subida de 4,2% quando comparado com o mesmo período do ano passado, num período em que as flutuações cambiais tiveram um impacto positivo nas receitas em cerca de 93,3 milhões de dólares. Numa base de moeda constante, as receitas cresceram 0,6%.

A empresa registou 2,9 mil milhões de dólares em prémios contratuais, fazendo aumentar o total de novos contratos dos últimos 12 meses para 11,7 mil milhões de dólares ou 109,8% de receitas. No fim de junho de 2016, os contratos em carteira situavam-se nos 20,6 mil milhões de dólares, uma subida de 916,6 milhões face ao mesmo período do ano passado.

O EBIT ajustado aumentou para 390,5 mil milhões de dólares no trimestre, uma subida de 19,3 milhões quando comparado com o Q3 de F2015, enquanto a margem EBIT foi melhorada para 14,6%.

A nível de ganhos líquidos, a CGI atingiu os 273,8 milhões, uma subida de 16,6 milhões face ao ano passado, representando uma margem de 10,3%. Os ganhos por ação foram de 89 cêntimos, um aumento de 11,3% comparado com os 80 cêntimos do Q3 do F2015.
O dinheiro resultante de atividades operacionais foi de 351,7 milhões no trimestre, ou 13,2% da receita. Nos últimos 12 meses, a empresa gerou 1,4 mil milhões de dólares, ou 4,40 dólares em dinheiro por ação diluída.

Durante os três meses, a dívida líquida foi reduzida em 278 milhões para 1,6 mil milhões de dólares. No final de Junho, a companhia contava com uma disponibilidade financeira de 1,8 mil milhões de dólares em dinheiro e acesso a crédito não utilizado.

“A nossa equipa garantiu resultados muito equilibrados. Todos os principais indicadores de performance revelam melhorias anuais”, explica Michael E. Roach, CEO da CGI. “Continuamos a verificar uma crescente procura transversal a todos os nossos serviços e soluções, o que reforça a nossa estratégia, que passa por nos assumirmos como o parceiro end-to-end de eleição para a transformação digital das suas empresas. Os nossos serviços de transformação, em regime de outsourcing, permitem que os nossos clientes reduzam os seus custos “correntes” para investirem na “mudança” e para aproveitarem serviços de que dispomos nas áreas de segurança e automação. Todos esses serviços são suportados pelo nosso abrangente portefólio de soluções IP que acelera a transformação digital dos nossos clientes”.

Recomendado pelos leitores

Schneider Electric estabelece Parceria com a Brinc
NEGÓCIOS

Schneider Electric estabelece Parceria com a Brinc

LER MAIS

Primavera distingue Parceiros do ano
NEGÓCIOS

Primavera distingue Parceiros do ano

LER MAIS

Gfi compra i2S para crescer no setor dos seguros
NEGÓCIOS

Gfi compra i2S para crescer no setor dos seguros

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 61 OUTUBRO 2019

IT CHANNEL Nº 61 OUTUBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.