2020-9-11

NEGÓCIOS

Esprinet regista crescimento recorde de 9% no segundo trimestre

A Esprinet fortaleceu as suas ações de mercado e, no segundo trimestre de 2020, registou o melhor resultado dos últimos anos em todos os mercados de referência

A Esprinet divulgou o desempenho económico do segundo trimestre, período que resultou num crescimento de vendas de 9% em relação ao período homólogo de 2019. Após um primeiro trimestre em que a receita aumentou 4%, para mais de 913 milhões de euros, no segundo trimestre o Grupo registrou vendas de 920 milhões de euros, graças aos resultados de maio e junho.

A Esprinet fortaleceu as suas ações de mercado e, no segundo trimestre de 2020, registou o melhor resultado dos últimos anos em todos os mercados de referência. A evolução favorável das vendas é ainda confirmada nos dois meses de julho e agosto, que registaram um aumento nas vendas de cerca de 180 milhões de euros, o equivalente a 32% de 2019.

Nos primeiros seis meses, as vendas da Esprinet somaram 1.834,7 milhões de euros, um aumento de 7% em relação ao primeiro semestre de 2019. O uso em larga escala do trabalho inteligente e do e-learning exigiu a implementação rápida e eficaz das soluções de IT, bem como a disponibilidade total do dispositivo.

Para Alessandro Cattani, CEO da Esprinet, "a forte posição competitiva, a clareza dos objetivos, a coesão e flexibilidade da equipa, a amplitude do portfólio de produtos e a força financeira confirmaram o papel central da Esprinet na cadeia de fornecimento de IT. Apesar das interrupções na cadeia de suprimentos, das medidas de contenção do governo e da incerteza no contexto económico, temos assegurado e continuado a garantir confiança e estabilidade para fornecedores e clientes, atendendo à crescente demanda da digitalização".

As vendas do Grupo aumentaram tanto no segmento de empresas (6%) como no segmento consumidor (7%); nesse contexto, a Esprinet ajudou a garantir a continuidade dos negócios dos clientes revendedores de IT.
Por categoria de produto, a Esprinet registou um crescimento de 15% no segmento dos Eletrónicos de Consumo, impulsionado por um aumento de 23% nos smartphones e um aumento de 5% no segmento de clientes de IT, devido ao aumento significativo das vendas de PC (11%). No segmento de Soluções Avançadas, as vendas de software, serviços e cloud aumentaram 21%, graças aos investimentos de empresas e instituições governamentais para garantir o funcionamento remoto das suas atividades.

"Continuamos a desenvolver o nosso portfólio nas áreas com maior potencial de crescimento a longo prazo: a aquisição da GTI, principal distribuidor de software e soluções em cloud em Espanha, para a qual a autorização antitrust espanhola foi obtida, é um passo importante nessa direção. Os resultados do primeiro semestre e os excelentes resultados de julho e agosto, que registraram um aumento de receita de 32% em relação ao mesmo período de 2019 (aproximadamente 180 milhões de euros), permitem estimar, sem contar com o efeito da consolidação da GTI, vendas de mais de 4,3 mil milhões de euros", conclui. 

Recomendado pelos leitores

PRIMAVERA lança novas soluções para apoiar e-Commerce das organizações
NEGÓCIOS

PRIMAVERA lança novas soluções para apoiar e-Commerce das organizações

LER MAIS

O Futuro do Trabalho - Um novo imperativo de negócios
NEGÓCIOS

O Futuro do Trabalho - Um novo imperativo de negócios

LER MAIS

Depois da pandemia, os decisores preparam-se para o workplace do futuro
NEGÓCIOS

Depois da pandemia, os decisores preparam-se para o workplace do futuro

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.