2020-9-01

HARDWARE

Lenovo e HP controlam metade do mercado de computadores portáteis

Consumidores, utilizadores profissionais e escolas apressaram-se a comprar dispositivos de produtividade móvel que antes eram considerados redundantes, impulsionando um crescimento de 27% nas vendas de computadores portáteis

A maioria das famílias de todo o mundo lutaram para se manterem produtivas no trabalho e na escola durante a primeira onda da pandemia COVID-19. Consumidores, clientes empresariais e escolas apressaram-se a comprar dispositivos de produtividade móvel que antes eram considerados redundantes, impulsionando um crescimento de 27% nas vendas de computadores portáteis, de acordo com o mais recente relatório da Strategy Analytics. Debate-se agora se a procura para as épocas de regresso às aulas e de Natal estava à frente da pandemia ou se este é apenas o início de uma nova era de crescimento para os computadores portáteis.

Chirag Upadhyay, analista sénior de investigação da Strategy Analytics, afirma que "a razão para o sucesso de todos os fornecedores para melhorar a procura em cadeia de oferta é trabalhar em estreita colaboração com os parceiros de Canal. A maioria dos vendedores iniciou o trimestre a receber encomendas que foram adiadas devido ao bloqueio imposto na maioria dos países. No entanto, à medida que o trimestre avançou, todos os fornecedores puderam satisfazer as exigências dos clientes a tempo, trabalhando em estreita colaboração com os parceiros de canal, incluindo retalhistas, para entregar os produtos de forma mais eficiente e a tempo".

A maior surpresa do trimestre foi a forte procura gerada pelos consumidores que compraram os seus próprios dispositivos para trabalhar, estudar e jogar, apesar da crise económica. Os jogos revelaram-se uma distração eficaz num mundo fisicamente isolado. Os chromebooks, em particular, experimentaram uma elevada procura por parte das escolas e dos consumidores para apoiar os esforços de aprendizagem em e-learning.

Em termos competitivos, o mercado dos computadores portáteis é liderado pela Lenovo, cujas vendas aumentaram 17%, seguida da HP, que registou um aumento anual não inferior a 42%. Ambas as empresas dividem metade do mercado de computadores portáteis, com ações de 25% e 24,8%, respetivamente.

"Existe definitivamente o risco de dificuldades económicas prolongadas e uma queda da procura nos mercados que ainda enfrentam a primeira onda de infeções, mas este problema pode espalhar-se rapidamente se mais mercados entrarem numa segunda onda de infeções", alerta Chirag Upadhyay.

Recomendado pelos leitores

Canon com novidades para o espaço de trabalho híbrido
HARDWARE

Canon com novidades para o espaço de trabalho híbrido

LER MAIS

Asustor lança novos NAS para o mercado empresarial
HARDWARE

Asustor lança novos NAS para o mercado empresarial

LER MAIS

TP-Link revela soluções para gestão centralizada na cloud e casa conectada
HARDWARE

TP-Link revela soluções para gestão centralizada na cloud e casa conectada

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

IT CHANNEL Nº 70 SETEMBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.