Camila Vidal em 2019-11-26

EVENTOS

Media Partner

Primeiro Databox Get Together é “aposta ganha”, dizem os fabricantes

Canon, HP, APC by Schneider Electric, Lenovo, Fujitsu e Samsung puderam apresentar as suas propostas aos Parceiros e clientes no primeiro Get Together da Databox, mas muitas outras empresas tiveram oportunidade de, na área de exposição, mostrarem as suas soluções e contactarem com outros players da indústria

A Real Companhia Velha, em Gaia, acolheu cerca de 450 participantes no Databox Get Together, um evento que aproximou fabricantes, Parceiros e clientes, através de networking e de apresentações em torno das possibilidades de negócio. Esta é a primeira edição de um evento paralelo à Expo TI Databox - que em já tem data marcada para 21 de abril de 2020 – e que deverá ganhar o seu próprio espaço no ecossistema português.

Um formato novo, e a mistura dos fatores "surpresa" e "ansiedade"

Samsung, Canon, HP, Schneider Electric, Lenovo e Fujitsu tiveram a oportunidade de apresentar produtos, soluções, casos de estudo e demais novidades às centenas de participantes no encontro, que decorreu a 9 de outubro no norte do país. Nas ocasiões paralelas às apresentações, o networking foi chave, tanto nos momentos dedicados ao tradicional coffee break, como no Speed Business, cocktail e jantar, momentos que o Databox Get Together ofereceu aos participantes.

O IT Channel conversou com João Pedro Reis, CEO da Databox, à margem do evento, sobre as expectativas para esta primeira edição. “Sempre que nós fazemos mudanças há o fator surpresa e o fator ansiedade misturados”, admite, mas congratula-se com o facto de “todos os nossos clientes” terem comparecido e “abraçado a ideia”.

Para o CEO, a importância deste evento recai principalmente sobre a proximidade que ele permite: “é muito importante estarmos junto dos clientes, fazermos a cadeia, mostrarmos aos fabricantes a real cara dos nossos clientes, quem está por trás do telefone”, refere, e estar disponível para “quem tem dúvidas para tirar” é outra das possibilidades que o Get Together da Databox oferece.

Temos clientes que vieram de sítios remotos, como por exemplo das ilhas, de propósito para nos virem ver aqui, para falarem com os seus fabricantes, para trazerem ideias, projetos, desafios, dificuldades que tenham, e nós tentarmos arranjar soluções”, remata.

Diamond e Gold sponsors deixam claro que o formato é "aposta ganha"

APC by Schneider Electric, Canon, HP, LG e Samsung foram Diamond Sponsors do Databox Get Together. Lenovo e Fujitsu apresentaram-se como Gold Sponsors. Conversámos com responsáveis das sete empresas sobre as expectativas e as oportunidades que o encontro proporcionou.

Miguel Viana, Product Manager da Canon, elogiou o facto de a Databox ser a entidade “que une os fabricantes a todos os revendedores e a todos os Parceiros”, e sublinha que é “bastante favorável a este formato” que, segundo o representante da Canon, permite “ligar as apresentações à exposição do produto. Nós pedimos que existissem estes dois momentos porque achámos importante demonstrar os produtos aos Parceiros”, numa das “poucas oportunidades” que existem para esse efeito.

O formato desta primeira edição do Databox Get Together parece mesmo ter ‘bebido’ das propostas das empresas participantes na Expo TI Databox – fundamentalmente as mesmas que se fizeram representar aqui – já que os Sponsors lembraram que este é o formato que tanto o negócio como eles próprios vinham pedindo.

A ideia de a Databox e os seus eventos servirem como agregador de oportunidades, que de outra forma não seriam percecionadas, é partilhada por várias empresas presentes. João Mendes, Diretor de Canal da Fujitsu Portugal, valoriza o “reforço da relação com os Parceiros, a oportunidade de falarmos pessoalmente com eles”. “A presença que temos neste evento é a continuação de toda a relação que temos com a Databox”, explica, lembrando que “os distribuidores são o segmento mais importante do Canal” e quem “sustenta a relação com os Parceiros”.

Além disto, refere, a ideia de se “experimentarem coisas novas para quebrar a rotina e trazer novamente os Parceiros que já mostravam algum desconforto em relação ao anterior modelo” – apoiada (e sugerida) também pela Fujitsu – deixa a marca satisfeita, ao criar condições para um “ambiente onde se trabalha em conjunto e se absorve a proposta de valor de cada participante”.

Pedro Coelho, Computing Area Category Manager da HP, diz que um encontro desde género é “uma forma muito mais simples e próxima” de passar a mensagem do que é habitual, tratando-se de um “canal de comunicação privilegiado” assente na promoção da “comunicação e do networking”. Um encontro que, à semelhança da Expo TI Databox, “continua a ser um ponto de partida para muitas Parcerias”, e que no seu primeiro formato se apresenta como “uma aposta ganha e para repetir”.

Do lado da Samsung, Pedro Miguel Fernandes, Division Manager Mobile Channel, lembra igualmente que “não é fácil para nós, fabricantes, estar com tantos clientes” de uma só vez e que por isso o formato do encontro é “vencedor”. De resto, diz Pedro Miguel Fernandes que “a aposta no norte [do país] faz todo o sentido” e isso “vê-se pela quantidade de pessoas presentes”.

A Lenovo, através de Rui Gouveia, Enterprise & Public Sector Business Manager, refere que “apoia sempre a Databox nestes eventos, já que é uma empresa praticamente só de Canal, e esta é uma oportunidade de estar com os Parceiros”, que “gostam de ver a tecnologia exposta” e, além disso, “gostam de falar com os fabricantes”, criando-se uma confiança e proximidade que muitas vezes não são possíveis no decorrer dos processos de negócio quotidianos de um fabricante.

Luís Lameiras, Sales Director da LG Portugal, clarifica que “o negócio” tem como pano de fundo “sempre a relação entre as pessoas”, e um Get Together é a forma de conhecer e rever “muitas empresas, encontrar muita gente conhecida num só espaço”, e conhecer outras.

Pablo Ruiz Escribano, VP Secure Power Iberia da Schneider Electric, crê, por seu lado, que “o fator multiplicador que temos na equação é uma rede de Parceiros muito potente” e daí a importância de se estar presente.

Apresentação de produtos: o negócio alterado pelo networking

Quisemos trazer produtos mais vocacionados para a área profissional, visto que este é um evento direcionado ao B2B”, explica a Canon, e por isso apresentaram “21 novos equipamentos”, com destaque para o produto com presença física na área de exposições, “a nova impressora a laser A3, que quisemos apresentarin loco, explica Miguel Viana.

João Mendes refere que a presença no encontro implica receber “de braços abertos” quem queira ver “aquilo que queremos acrescentar à sociedade em termos tecnológicos”. A Fujitsu escolheu apresentar, no palco do Get Together, o trabalho da Lansys, um caso de estudo que serviu para mostrar aos presentes o valor de uma Parceria de sucesso. “Achamos que há mais valor num Parceiro a falar sobre nós do que em nós a falarmos sobre nós próprios”, clarifica João Mendes.

Mostrar a missão e a visão da Lenovo” era o objetivo de Rui Gouveia, e mostrar igualmente um caminho “não tanto focada em produto, mas em estratégia”, e nos “projetos mais diferenciadores que estamos a fazer”. O valor do Parceiro é, aqui, também essencial, já que, diz, “se nós crescemos, crescemos com eles”. Luis Lameiras acredita que “é uma obrigação” para a LG estar presente – não no sentido lato, mas a palavra assenta bem, já que com o virar da página da própria LG, “um desafio” hoje mais centrado “na área profissional e não tanto no consumo”, a Databox aceitou de bom grado esta transformação e continua a apostar na marca, e de “de certeza que tem tido sucesso”, considera o Sales Director.

Pedro Coelho acredita que o facto de os Parceiros “terem acesso aos equipamentos” da HP in loco faz a diferença na fidelização e confiança que poderão vir a criar em relação aos produtos.

A Samsung lembra que o “lançamento de produtos de mobilidade” está a acontecer “sempre”, de forma contínua, sendo que “todos os meses há um produto novo”. Além da mobilidade, o digital signage é outra forte aposta, e o conceito de soluções empresarias é apenas o ponto de partida para uma panóplia de produtos que a Samsung pôde dar a conhecer aos participantes.

Pablo Escribano assinala a “oportunidade tremenda que é o edge”, referindo que a “computação perto da origem dos dados” é o futuro, e uma “oportunidade para todos” já que, enquanto fabricantes, existe “o dever de facilitar soluções integradas que permitam um desenvolvimento rápido”. Lembrando a importância da sustentabilidade na estratégia da Schneider Electric, o VP Secure Power Iberia assinalam que essa estratégia também é um requisito a ter em conta na escolha de novos Parceiros.

No final das apresentações da Samsung, Canon, HP, APC by Schneider Electric, Lenovo e Fujitsu, foi tempo de “Speed Business”. Um jantar e sorteio foram o remate final de um dia em que o networking foi protagonista.

 

O IT Channel é Media Partner do Databox Get Together 2019

Recomendado pelos leitores

Partner Sessions: Sage reforça foco no Canal para manter a liderança no mercado português
EVENTOS

Partner Sessions: Sage reforça foco no Canal para manter a liderança no mercado português

LER MAIS

“Tomámos a decisão de apostar em Portugal para fazer crescer o negócio”
EVENTOS

“Tomámos a decisão de apostar em Portugal para fazer crescer o negócio”

LER MAIS

Roadshow Ibérico D-Link passou por Lisboa
EVENTOS

Roadshow Ibérico D-Link passou por Lisboa

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 63 DEZEMBRO 2019

IT CHANNEL Nº 63 DEZEMBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.