Margarida Bento em 2022-10-24

EVENTOS

O IT Channel em Barcelona a convite da Schneider Electric

Pré-fabricados Schneider Electric chegam ao Canal

A Schneider Electric lançou em setembro a sua nova gama de data centres modulares pré-fabricados, concebida para facilitar ao máximo o planeamento, configuração, transporte e instalação dos data center pré-fabricados e permitir maior independência aos Parceiros que tencionam operar nesta área

Pré-fabricados Schneider Electric chegam ao Canal

Joe Kramer, Global Sales & Marketing Director da Schneider Electric

A Schneider Electric apresentou em Barcelona, num evento exclusivo para jornalistas, a sua nova gama de data centers modulares Easy Modular Data Center All-in-One, ou Easy Prefab na gíria da empresa. A convite da Schneider Electric, o IT Channel marcou presença neste evento, no qual foram ainda apresentadas as tendências de mercado a impulsionar a adoção destas soluções, bem como o caso de estudo da Basílica da Sagrada Família, que conta com uma destas soluções.

Tendências a impulsionar as soluções modulares

Os data centers modulares e pré-fabricados trazem consigo um conjunto de vantagens que, já de início, ofereciam grande competitividade tanto a nível da rapidez de implementação, f lexibilidade, escalabilidade e redução de custos. Contudo, num contexto pós-pandémico, os fatores a influenciar a adoção destas soluções cresceram exponencialmente em relevância.

Por um lado, existe a óbvia questão da rápida transformação digital, que requer cada vez mais poder de computação para dar resposta à procura de serviços e funcionalidades digitais. Este rápido crescimento implica uma flexibilidade e escalabilidade que a construção de data centers tradicionais simplesmente não consegue alcançar. Enquanto de outra forma o investimento em computação teria de ser feito em grandes saltos – implicando, assim, um maior risco financeiro – os data centers modulares permitem escalar em pequenos incrementos. Do mesmo modo, a maior facilidade e rapidez de implementação permitem aumentar a capacidade instalada à medida que esta é necessária.

A isto vem-se juntar o crescimento do edge, que requer pequenos data centers em múltiplas localizações dispersas e, por vezes, remotas, o que se torna desafiante ao multiplicar os processos de concessão, integração, implementação e, posteriormente, gestão de cada instalação.

Estes desafios, explica Joe Kramer, Global Sales & Marketing Director da Schneider Electric, estão a fazer-se sentir maioritariamente em três verticais:

  • Comercial (retalho, saúde, banca) – Requer maior eficiência nos serviços e processos para responder às expectativas dos clientes e, como tal, exige uma rápida digitalização;
  • Industrial – Depende cada vez mais do edge para o processamento de dados sem latência, o que necessita data centers on-premises, frequentemente em locais remotos e ambientes adversos;
  • Telecomunicações – Maioritariamente no âmbito de network edge para suportar aplicações machine-to-machine de alto débito e baixa latência.

“Hoje, os operadores de data centers estão a procurar cada vez mais soluções pré-concebidas e modulares de forma a ir ao encontro de timeframes exigentes e assegurar previsibilidade de custos e performance”, refere Elliott Turek, Offer & Innovation Leader, Prefabricated Modular Solutions, da Schneider Electric. “Ao desenhar e testar as soluções Easy Prefab em fábrica, é possível aumentar a confiabilidade e mitigar o risco, garantindo assim períodos de implementação mais curtos e menor total cost of ownership”.

Na sua apresentação, Tuan Hoang, Prefab Global Engineering, Technology & Tendering Leader, frisou a importância do processo de design de todo o processo, não só do data center como será entregue, como uma das maiores mais valias estratégicas desta área. É aqui, defende, que muitas das questões relacionadas com a redução de custos, sustentabilidade (por exemplo, ao empregar fábricas Parceiras locais para reduzir as emissões por transporte) e planeamento para o futuro são endereçadas de forma verdadeiramente competitiva.

“Os data centers pré-fabricados não são um produto, são uma estratégia. Para extrair todo o valor destas soluções, é preciso estarmos envolvidos desde o início do processo de design”, refere o responsável.

Uma linha a pensar no Canal

Visita guiada à fábrica da Schneider Electric em Barcelona

Com isto em mente, esta nova gama foi pensada para permitir ao Parceiro operar de forma mais independente nesta área de negócio, onde anteriormente dependiam fortemente da intermediação da Schneider Electric no processo de design, criando, assim, novas oportunidades de negócio com a oferta de serviços de valor acrescentado na conceção e implementação destes projetos.

“Originalmente, os nossos data centers pré-fabricados eram vendidos e implementados com pouca participação do Canal”, refere Elliott Turek em declarações ao IT Channel. “Contudo, muitos Parceiros vieram falar connosco e demonstraram interesse em implementar eles próprios estas soluções – muitos inclusivamente já tomavam parte em projetos desta natureza. Esta nova gama foi feita precisamente a pensar nos nossos Parceiros”.

As soluções Easy Prefab estarão disponíveis através da rede de Parceiros Schneider Electric, nos programas Elite Data Center Partners e Alliance Partners, estando previstas novidades para o programa de Canal no futuro próximo.

Easy Modular Data Center All-in-One

Esquema de um módulo Easy Modular Data Center All-in-One

A nova gama Easy Modular Data Center All-in-One foi pensada para facilitar ao máximo o planeamento, configuração, transporte e instalação dos data center modulares, em parte pela integração de componentes da gama Easy da marca.

Esta gama inclui quatro designs, os quais integram os produtos Easy Rack, Easy PDU, e Easy UPS, bem como os sistemas de arrefecimento inRow DX. Cada módulo, dependendo da configuração, pode alojar de cinco a 14 racks, com uma densidade energética entre 27kW e 94KkW.

Toda a gama permite a monitorização, gestão e suporte remoto através do software EcoStruxure IT Expert DCIM.

Os módulos incluídos nesta gama incluem dois modelos ISO, equivalentes a contentores para transporte em camião ou navio, com seis ou 12 metros de comprimento, e dois mais largos com 7.6 ou 13.7 metros de comprimento para aplicações em que seja necessário mais espaço.

 

O IT Channel em Barcelona a convite da Schneider Electric

Recomendado pelos leitores

Assista gratuitamente ao IT Channel Live Event sobre cibersegurança
EVENTOS

Assista gratuitamente ao IT Channel Live Event sobre cibersegurança

LER MAIS

CES 2023: uma montra da inovação tecnológica em 2023
EVENTOS

CES 2023: uma montra da inovação tecnológica em 2023

LER MAIS

Hikvision apresenta novidades na ISE 2023
EVENTOS

Hikvision apresenta novidades na ISE 2023

LER MAIS

Programas de Canal 2023

Programas de Canal 2023

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.