2018-9-20

CLOUD

Gartner: Gastos com soluções cloud a crescer a um ritmo mais acelerado do que as ofertas tradicionais

As previsões da Gartner apontam para que, em 2022, 28% dos gastos de IT estejam voltados para a cloud, uma clara subida face aos 19% estimados em 2018

De acordo com a Gartner, o crescimento nos gastos de Enterprise IT com ofertas cloud-based será mais rápido do que o crescimento dos gastos com ofertas tradicionais, non-cloud. Apesar desse crescimento, as ofertas tradicionais ainda constituirão 72% da receita dos mercados empresariais de IT em 2022, estima a empresa de análise de mercado.

"A mudança dos gastos de TI para novas alternativas baseadas na cloud é implacável, embora esteja a ocorrer ao longo de muitos anos devido à natureza do TI corporativo tradicional", refere Michael Warrilow, research vice president, Gartner. “A mudança na cloud destaca o apelo por maior flexibilidade e agilidade, que é percebido como um benefício da capacidade on-demand e do preço pay-as-you-go na cloud”.

Gastos superiores a 1 bilião de dólares

Mais de 1,3 biliões de dólares ($1.3 trillion) em gastos com IT serão direta ou indiretamente afetados pela mudança para a cloud até 2022, afirma a Gartner. Os providers capazes de capturar esse crescimento impulsionarão o sucesso a longo prazo durante a próxima década. Para a analista, os providers tecnológicos terão, na mudança para a cloud, uma enorme oportunidade de mercado. Deverão, assim, avaliar as taxas de crescimento e oportunidades de tamanho de mercado endereçáveis ​​em cada uma das quatro categorias de cloud: system infrastructure, infrastructure software, application software e business process outsourcing.

Até 2022, quase metade das receitas de cloud serão provenientes de system infrastructure e infrastructure software. O segmento de system infrastructure verificará a mudança mais rápida até 2022, à medida que os ativos atuais alcancem o estado de renovação.

“A mudança para a cloud até o final de 2022 representa um período crítico para providers de infraestrutura tradicionais, à medida que os concorrentes beneficiam do aumento de interrupções geradas pela cloud”, comenta Michael Warrilow. “À medida que a cloud se torna cada vez mais mainstream, ela irá influenciar porções ainda maiores das decisões de TI da empresa, sobretudo em system infrastructure, à medida que aumenta a tensão entre as soluções on e off-premises”.

Recomendado pelos leitores

Fujitsu reforça oferta de cloud com PRIMEFLEX for Microsoft Azure Stack
CLOUD

Fujitsu reforça oferta de cloud com PRIMEFLEX for Microsoft Azure Stack

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 52 Novembro 2018

IT CHANNEL Nº 52 Novembro 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.