Israel Serrano, Country Manager da INFINIDAT para Portugal, Espanha e Andorra em 2019-7-18

CLOUD

Advertorial

Explosão dos dados: quando o tamanho não importa

A explosão no volume dos dados com que as empresas lidam diariamente já não é um fenómeno exclusivo das grandes organizações e há que dar resposta às necessidades de empresas de todos os tamanhos

Existe uma ideia pré-concebida de que o crescimento vertiginoso dos dados das empresas a que assistimos hoje é algo que apenas diz respeito – e deve preocupar – as grandes organizações. Algures no tempo isto foi uma realidade. Mas já não é. 

Com efeito, o volume de dados está a atingir níveis estratosféricos em empresas de todas as dimensões. Desde 2011, a quantidade de dados gerados mais do que duplica a cada dois anos, superando a Lei de Moore, que previa que o poder de processamento dos computadores iria multiplicar- se por dois a cada 18 meses. Para controlar e utilizar de forma benéfica toda esta informação é preciso, antes de mais nada, saber lidar com ela, independentemente do tamanho da empresa. 

Atualmente, o maior desafio das empresas ainda é desenvolver a melhor forma de usar os dados para obter informações importantes e relevantes. Nesta missão, muitas empresas começam a perceber o poder dos dados para o seu negócio e a importância de os armazenar de forma segura e fiável, além de utilizar ferramentas de gestão e proteção que possibilitem ganhos de tempo e de rentabilidade. 

Mas começam também a perceber que algo têm que fazer para gerir todos estes dados. E é nesse momento que se sentem algo “perdidas”, até porque, embora possam concordar que os dados são vitais para impulsionar a sua atividade e a sua vantagem competitiva, muitas vezes as mais pequenas não conseguem aproveitar os dados de que dispõem devido aos custos e a soluções de armazenamento pobremente desenhadas que abundam no mercado. 

E apesar deste aumento de consciência sobre a importância dos dados por parte das PME, a INFINIDAT acredita que este segmento de mercado será, ainda assim, surpreendido pela necessidade premente de lidar com esta “explosão”. 

 

O que temos para oferecer 

A INFINIDAT tem um portfólio extenso de soluções que estão especialmente adaptadas a clientes com aplicações críticas e com grandes volumes de dados. 

Estas ofertas partem da premissa de que não é preciso constar do índice PSI20 para necessitar de soluções de armazenamento críticas, já que as necessidades das empresas de hoje serão muito diferentes das de amanhã. 

É por isso que a nossa oferta para estas organizações de menor dimensão se centra em dois pilares fundamentais: flexibilidade e proximidade. No que diz respeito à flexibilidade, a INFINIDAT oferece modelos de pagamento por utilização, o que vem responder à escassez de recursos e limitações orçamentais típicas das PMEs, ao mesmo tempo que lhes permite escalar à medida do crescimento do negócio e, consequentemente, dos dados. 

A verdade é que estas empresas já não são obrigadas a optar entre desempenho, disponibilidade e custos. 

O que a INFINIDAT propõe são soluções modernas, já disponíveis, baseadas em software inteligente, que não requerem que a empresa comprometa um ou mais destes elementos. São soluções que oferecem fiabilidade, uma gestão simplificada, maior facilidade de recuperação, segurança sem precedentes e uma melhor densidade de armazenamento, sem esquecer o desempenho e sem reduzir o valor dos sistemas existentes. 

Propomos, por isso, modelos de consumo de tipo Pay per Use, em que a empresa não tem que pagar por capacidades que ainda não utiliza. Quando falamos em PME, temos que evitar aprovisionar hardware dispendioso à cabeça, proteger o seu investimento a pensar no futuro e incluir todas as funcionalidades no preço, e é isso mesmo que a INFINIDAT faz. 

 

O papel do Canal 

É aqui que entra o pilar da proximidade. A INFINIDAT é uma empresa que opera 100% por Canal e que tem plena consciência que, sem Parceiros altamente comprometidos e focados no mercado local, não seria possível crescer. 

O tecido empresarial português é em grande medida composto por pequenas e médias empresas e, graças aos nossos Parceiros estratégicos, contamos ir para além daquele que é considerado o cliente tipo das soluções de armazenamento empresariais, as grandes organizações. 

Mesmo com toda a nossa tecnologia, com a oferta certa para cada mercado, temos plena consciência de que precisamos de um Canal de Parceiros local, caracterizado por uma forte capilaridade, um conhecimento profundo do mercado e um relacionamento estreito com o cliente. 

É este nível de interligação e complementaridade que o Canal de distribuição local nos permite atingir e no qual confiamos para chegar ao mercado das PME em Portugal. 

 

Uma nova abordagem ao armazenamento 

A tecnologia de armazenamento empresarial InfiniBox elimina os problemas de desempenho, disponibilidade e escalabilidade, acelerando as aplicações críticas de negócio. 

A arquitetura de armazenamento INFINIDAT tem por base um completo conjunto de funções controladas por software, implementadas sobre hardware standard de mercado. 

O resultado é uma capacidade de vários petabytes num só rack, fiabilidade de nível mainframe com uma disponibilidade sem precedentes de 99.99999% e um nível de rendimento de mais de um milhão de IOPS. 

A separação da inovação do elemento hardware permite a adoção rápida do hardware mais recente e mais rentável. Além disso, ao entregar o software com uma plataforma de referência de hardware altamente testada, a INFINIDAT pode oferecer o primeiro sistema de armazenamento de classe empresarial verdadeiramente definido por software. 

 

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext para a Infinidat.

IT CHANNEL Nº 69 JULHO 2020

IT CHANNEL Nº 69 JULHO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.