2022-9-01

SEGURANÇA

As boas práticas no combate ao ransomware através de soluções NAS

A Asustor anunciou aquilo que considera ser boas práticas e cursos de combate ao ransomware através de soluções NAS, nomeadamente prevenção, imunidade e realização de cópias de segurança regulares

A Asustor anunciou o desenvolvimento de um conjunto de ferramentas anti-ransomware que passam por prevenção, imunidade e backup, bem como de um curso de mitigação de riscos para ajudar os utilizadores das suas soluções de armazenamento NAS a otimizarem estes três passos anti-Ransomware.

O primeiro passo para proteger os dados contra ransomware passa pela prevenção – e é por isso que os NAS incluem diversas características que ajudam a evitar que estes ataques de resgate se instalem.

No caso da Asustor, este rol de características inclui Wake on LAN e Wake on WAN que permitem controlar facilmente os momentos em que o equipamento NAS está ligado e pronto a funcionar - um NAS que possa estar desligado torna-se muito menos vulnerável do que um NAS que esteja sempre ligado, na medida em que não pode executar código. No entanto, o ADM Defender atua quando o NAS está ligado assegurando automaticamente através da sua lista de permissões e da lista negra que as tentativas não autorizadas de entrada no NAS são efetivamente mitigadas.

Outro aspeto fundamental para o sucesso do combate ao ransomware passa pela imunidade – e aqui o desenho dos NAS confere esta importante característica face a certas formas de resgates. O sistema operativo ADM baseado em Linux que se encontra incorporado em cada equipamento NAS Asustor é, por conceção, imune ao ransomware e malware nos ambientes Windows e MacOS.

A natureza do armazenamento ligado à rede também ajuda a fornecer proteção contra o software de resgate, na medida em que um NAS Asustor não está diretamente ligado a um PC, mas sim indiretamente ligado através de um router – facto que impede a maior parte das formas de resgate. O suporte ADM para nomes de contas de administrador alternativos e palavras-passe fortes ajuda a evitar tentativas de resgate via ransomware pelo procura e acesso a partilhas de rede.

É claro que ninguém quer ser infetado por ransomware, mas sendo este um jogo em que quem está ao ataque tem a vantagem do anonimato e imprevisibilidade, há que saber o que fazer quando a defesa cede.

ARTIGOS RELACIONADOS

Asustor atualiza sistema operativo para versão 4.1
NEGÓCIOS

Asustor atualiza sistema operativo para versão 4.1

LER MAIS

Asustor combina 2.5 gigabit ethernet com SSD cache
HARDWARE

Asustor combina 2.5 gigabit ethernet com SSD cache

LER MAIS

Asustor lança novos NAS
HARDWARE

Asustor lança novos NAS

LER MAIS

Recomendado pelos leitores

Commvault automatiza proteção na cloud para workloads de kubernetes
SEGURANÇA

Commvault automatiza proteção na cloud para workloads de kubernetes

LER MAIS

Plano de cinco pontos para modernizar a sua estratégia de proteção de dados
SEGURANÇA

Plano de cinco pontos para modernizar a sua estratégia de proteção de dados

LER MAIS

IT Security Conference: “os ISO são um instrumento muito útil quer na proteção, quer no cumprimento de alguns requisitos legais”
SEGURANÇA

IT Security Conference: “os ISO são um instrumento muito útil quer na proteção, quer no cumprimento de alguns requisitos legais”

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 92 NOVEMBRO 2022

IT CHANNEL Nº 92 NOVEMBRO 2022

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.