2018-9-28

SEGURANÇA

53% das PME alvo de ciberataques em 2017, revela a Cisco

O Cisco SMB Cybersecurity Report revela que, durante o ano passado, mais de metade das PME sofreram falhas de segurança

O relatório Cisco SMB Cybersecurity Report inquiriu 1.816 pequenas empresas (de 0 a 250 colaboradores) e médias empresas (250 a 500 colaboradores), de 26 países.

Concluiu que quatro em cada dez empresas consultadas (39%) admitiram que menos de metade dos seus sistemas foram afetados por um ataque grave, enquanto 40% das empresas médias sofreram uma paralisação dos sistemas durante 8 horas ou mais como consequência.

Embora as empresas consultadas tenham gerido uma média de 5 mil alertas de segurança diariamente, apenas 54% são investigados (55,6% no caso de médias empresas). Dos alertas investigados, 37% são legítimos. E desses, 41% ficam por reparar, com o consequente risco para as organizações.

Os ataques destinados contra colaboradores, como phishing (79%), ameaças avançadas permanentes (77%), ransomware (77%), ataques de DDoS (75%) e a proliferação do fenómeno BYOD (74%) são as cinco preocupações principais da segurança para as PME.

 

 

Fonte: Cisco SMB Cybersecurity Report

 

Da mesma forma, a maioria das PME reconhecem que à medida que criam um ambiente mais heterogéneo de produtos e de fornecedores, aumentam as suas preocupações. 77% das médias empresas consideram difícil ou muito difícil organizar os alertas provenientes das várias soluções de segurança.

Com o objetivo de maximizar a sua eficiência, e se se contar com os profissionais de segurança necessários, as PME investiram em: atualizações de segurança dos seus terminais para se protegerem melhor de malware avançado (19%); melhorar a segurança das suas aplicações contra os ataques web (18%); e implementar soluções de prevenção de intrusões, ainda considerada uma tecnologia fundamental para impedir os ataques à rede (17%).

Ainda que a maioria dos responsáveis de Segurança inquiridos afirmem já estar a utilizar ou a considerar utilizar ferramentas de automatização, a Inteligência Artificial (IA) e machine learning, a sua utilização é menor quando comparada com grandes empresas (mais de mil trabalhadores). Paralelamente, 70% das médias empresas já se apoiam em ferramentas de IA (grandes – 74%), 81% em automatização (grandes – 85%) e 75% em machine learning (grandes – 74%).

Recomendado pelos leitores

China manipulou Hardware da Supermicro
SEGURANÇA

China manipulou Hardware da Supermicro

LER MAIS

Os desafios do novo escritório digital
SEGURANÇA

Os desafios do novo escritório digital

LER MAIS

Ataques fileless em ascensão
SEGURANÇA

Ataques fileless em ascensão

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 51 Outubro 2018

IT CHANNEL Nº 51 Outubro 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.