Rui Damião em 2021-4-16

REDES & TELECOM

“Os Parceiros são a peça mais importante da nossa estratégia de crescimento”

A NFON tem a sua estratégia de crescimento delineada até 2024, altura em que quer ser um dos principais fornecedores de comunicações empresariais centradas em voz na Europa. Para isso, os Parceiros serão uma peça fundamental

Klaus von Rottkay, CEO da NFON

Depois de um 2020 particularmente benéfico (aumento de 18,4% nas receitas), a NFON tem um plano de crescimento até 2024 onde pretende tornar-se no principal fornecedor de comunicações empresariais centradas em voz na Europa, especifica Klaus von Rottkay, CEO da NFON, em conferência de imprensa com jornalistas, onde o IT Channel marcou presença.

A telefonia ainda é um importante método de comunicação para as empresas. Jan-Peter Koopmann (na foto à direita), CTO da NFON, explicou, no mesmo evento, que “depois do phase-out do ISDN e a substituição contínua da tecnologia desatualizada do sistema de telefonia por PBX em cloud, estamos imediatamente na terceira onda de disrupção”. Neste sentido, o mercado assiste a uma convergência da “telefonia, da colaboração com vídeo ou chat e aplicações de negócios, como soluções de contact center”.

Os clientes desejam utilizar uma plataforma na qual possam alternar entre voz, vídeo, texto e colaboração com fluência, orientação fácil e sem complicações”, acrescenta o CTO. Neste sentido, a NFON oferece soluções de comunicações unificadas como um serviço “com exatamente esses componentes, complementado por API abertas e outras soluções omnichannel”.

Crescimento com Parceiros

Para além de um aumento da venda de novos produtos à base de clientes existente, a empresa procura expandir a sua rede de Parceiros na Europa. O CEO indica que, para a NFON, os Parceiros estão “absoluta e inabalavelmente no centro de tudo o que fazemos”. Uma estratégia de go-to-market clara por parte da empresa procura dar mais eficiência à NFON, para além de permitir ganhar escala mais rapidamente.

A empresa já tem uma forte presença em mercados como Alemanha, Reino Unido e Áustria. Dentro da sua estratégia pensada até 2024, a NFON está a olhar para oportunidades de investimento no este e centro da Europa.

Klaus von Rottkay indica que a NFON já tem alguns Parceiros em Portugal, até porque “já tivemos algumas oportunidades de negócio a aparecer”. Até agora, a empresa não teve um foco tão grande neste ponto uma vez que a operação portuguesa tinha no centro o Innovation Hub.

Os Parceiros são a peça mais importante da nossa estratégia de crescimento”, indica o CEO, que acrescenta que a empresa é “100% focada em Parceiros; os Parceiros são cruciais e sem eles não teríamos nada”.

A nossa operação em Portugal é muito pequena e ainda não priorizámos o go-to-market e é totalmente focado nos Parceiros – até porque não temos pessoal de vendas no país. Tudo está em aberto para os Parceiros que querem trabalhar connosco”, acrescenta Klaus von Rottkay.

Jan-Peter Koopman refere que a operação em Portugal é gerida a partir de Espanha e, assim, os Parceiros portugueses que queiram vender as soluções da NFON devem entrar em contacto com a equipa espanhola.

Resultados de 2020

A NFON anunciou que sua receita total cresceu 18,4% para 67,6 milhões de euros durante 2020. O número de extensões operadas pelo cliente aumentou para 524.791, representando um crescimento de 16,7% em comparação com o ano anterior.

Devido ao aumento da atividade de trabalho remoto e, consequentemente, maiores volumes de minutos de voz, a receita média por utilizador (ARPU, no acrónimo em inglês) aumentou para 9,77 euros em 2020; em 2019, este valor era de 9,64 euros. O aumento do ARPU total combinado com as despesas significativamente menores em relação ao ano anterior tiveram um impacto claramente positivo na evolução dos resultados, indicou a empresa.

IT CHANNEL Nº 79 JULHO 2021

IT CHANNEL Nº 79 JULHO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.