2021-3-07

REDES & TELECOM

Falhas na rede provocam a maioria das perturbações nos serviços de TI

As questões relacionadas com a rede de centros de dados estão agora a tornar-se mais frequentes, sendo uma das causas mais comuns para o tempo de inatividade das organizações

Os especialistas do Uptime Institute estão constantemente a investigar as causas das interrupções do data center, que resultam em tempo de inatividade para as organizações.

Tradicionalmente, o principal responsável por estas falhas são as falhas de energia, mas à medida que a tecnologia se torna cada vez mais sofisticada e as cargas de trabalho e o tráfego local aumentam surgem novos fatores que podem suscitar estas falhas.

Entender isto é importante porque a interrupção dos serviços podem ser tão prejudiciais para as organizações quanto uma falha de energia, uma vez que os dados são perdidos e as operações que podem ser vitais para o negócio ficam paralisadas.

Num relatório recente, os investigadores explicam que nos últimos anos as falhas nas redes tornaram-se um problema cada vez mais comum, tornando-se muitas vezes o principal responsável pelo tempo de inatividade das instalações. Isto é indicado pela maioria dos 300 inquiridos nas mais recentes pesquisas do instituto, que colocam esta causa mesmo acima de falhas de energia.

Para os especialistas, as razões para esta mudança devem-se às aplicações e aos dados que são distribuídos entre centros de dados, tornando a velocidade, estabilidade e fiabilidade da rede vitais para o bom funcionamento dos sistemas.

Esta deslocalização deve-se ao facto de as organizações apostarem cada vez mais na utilização do networking definido pelo software para distribuir os seus dados sem que a localização seja um problema.

Esta realidade introduziu mais complexidade e uma maior possibilidades de falhas que resultaram em tempo de inatividade.

Esta pesquisa revela ainda que muitas das falhas de rede se devem a problemas de configuração, erros de firmware e tabelas de encaminhamento corrompidas. A isto somam-se problemas externos que ocasionalmente causam interrupções, tais como eventos climáticos extremos, etiquetas de linha de cabo e o congestionamento causado por problemas de configuração da rede ou de agendamento.

Isto é ainda mais complicado quando se trata de operadores que trabalham com inúmeros centros de dados em diferentes localizações geográficas, para os quais a complexidade da rede implica um maior risco de perturbação e recorrem a fornecedores de telecomunicações e de interconexão privados que devem assegurar a fiabilidade das redes que ligam as instalações dos seus clientes.

Este é um dos grandes desafios da atualidade, uma vez que 39% dos inquiridos deste estudo afirmam ter sofrido perturbações causadas por problemas em redes de terceiros.

TAGS

Redes IT Dados

Recomendado pelos leitores

A ligação do IoT à rede empresarial tem de ser segura
REDES & TELECOM

A ligação do IoT à rede empresarial tem de ser segura

LER MAIS

Extreme Networks ajuda a implementar OpenRoaming no Politécnico de Viseu
REDES & TELECOM

Extreme Networks ajuda a implementar OpenRoaming no Politécnico de Viseu

LER MAIS

5G: A próxima revolução empresarial
REDES & TELECOM

5G: A próxima revolução empresarial

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 81 OUTUBRO 2021

IT CHANNEL Nº 81 OUTUBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.