2016-12-09

NEGÓCIOS

Tendências de consumo para 2017

O Ericsson ConsumerLab revela que a inteligência artificial, a IoT e a realidade virtual são duas das tecnologias que os consumidores consideram mais importantes em 2017

O relatório anual “The 10 Hot Consumer Trends for 2017 and beyond” indica que a Inteligência Artificial (IA) surge como um tema importante este ano. Os consumidores veem a inteligência artificial a desempenhar um papel cada vez mais importante – tanto na sociedade como no setor profissional. De facto, 35% dos utilizadores da Internet desejam ter um conselheiro de IA no local de trabalho, e um em cada quatro gostaria de ter IA na função de chefia.

De 2017 em diante, é esperado que a IoT ganhe cada vez mais adeptos. De acordo com o relatório, dois em cada cinco consumidores acreditam que os smartphones conseguirão identificar os seus hábitos de vida e realizar automaticamente uma série de tarefas em seu nome.

Os condutores de automóveis poderão também estar em vias de extinção. Um em cada quatro pedestres admite que se sentiria mais seguro a atravessar a estrada se os automóveis fossem autónomos, e paralelamente 65% preferiam ter um carro autónomo.

A Realidade Virtual está a conseguir reter cada vez mais adeptos e o estudo evidencia a preferência dos utilizadores em relação a esta tecnologia ao revelar que praticamente quatro em cada cinco utilizadores de realidade virtual (RV) acreditam que deixaremos de conseguir distinguir a RV da realidade física, dentro de apenas três anos. Além disso, metade dos inquiridos mostraram-se interessados em luvas ou sapatos que permitam interagir com objetivos virtuais.

As vantagens da Realidade Aumentada para diversos setores, como a indústria e a manufatura, já são conhecidos e estima-se que esta tecnologia seja também cada vez mais uma ferramenta dirigida aos consumidores. De acordo com o relatório, mais de metade das pessoas gostaria de usar óculos de realidade aumentada para iluminar ambientes mais escuros e identificar mais rapidamente potenciais situações de perigo. Além disso, mais do que uma em cada três gostaria de eliminar elementos perturbadores à sua volta.

O tema da segurança continuará sempre a estar em cima da mesa e os utilizadores de internet são cada vez mais preocupados com a sua segurança e a dos seus dados. De facto, dois em cada cinco utilizadores avançados da Internet gostariam de utilizar apenas serviços encriptados, mas as opiniões dividem-se relativamente a este tema. Cerca de metade gostaria de ter níveis razoáveis de privacidade garantidos em todos os serviços, e mais do que um em cada três acredita que a privacidade já não existe.

Além de preocupados com a segurança, os utilizadores são também bastante informados e, nesse sentido, mais do que dois em cada cinco gostariam de adquirir todos os seus produtos nas cinco maiores empresas de TI. No entanto, três em cada quatro acreditam que isto só será possível daqui a cinco anos.

“Mais do que sobre o tempo-real, devíamos falar sobre o tempo da realidade. Isto porque, aquilo que conhecemos e designamos por realidade está a tornar-se algo cada vez mais subjetivo e pessoal. Os consumidores rodeiam-se de pessoas com as quais se identificam nas redes sociais, mas ao mesmo tempo começam a personalizar a forma como se relacionam com o mundo, recorrendo às tecnologias de realidade aumentada e de realidade virtual”, revela Michael Björn, diretor do Ericsson ConsumerLab. “Os consumidores querem também que o futuro se mantenha totalmente móvel, o que significa que a procura por uma conectividade mais rápida, mais imediata e de baixo consumo deverá aumentar rapidamente. Neste contexto, o tempo da realidade significa que é tempo das redes 5G”.

Recomendado pelos leitores

Warpcom adquirida por multinacional espanhola
NEGÓCIOS

Warpcom adquirida por multinacional espanhola

LER MAIS

Microsoft Portugal anuncia novo Diretor-Geral
NEGÓCIOS

Microsoft Portugal anuncia novo Diretor-Geral

LER MAIS

Distribuição, em 2020, cresce 12,3% acima da economia apesar do shortage
NEGÓCIOS

Distribuição, em 2020, cresce 12,3% acima da economia apesar do shortage

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 83 DEZEMBRO 2021

IT CHANNEL Nº 83 DEZEMBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.