2020-7-22

NEGÓCIOS

Schneider Electric lança novos serviços de monitorização e expedição

A nova oferta de serviços da Schneider Electric inclui monitorização e resolução de problemas de forma remota e reparação no local no dia útil seguinte, incluindo substituição de componentes

A Schneider Electric anunciou o lançamento dos seus serviços de monitorização e expedição, permitindo que os fornecedores de soluções de IT e os utilizadores finais otimizem recursos, melhorem a eficiência e previnam o tempo de inatividade, tirando partido da gestão das operações das infraestruturas de IT distribuída por parte da Schneider Electric. 

Simplificando a gestão de localizações de Edge Computing, os novos serviços foram pensados para facilitar o trabalho dos colaboradores de IT e garantir a cobertura de quaisquer localizações sem presença de pessoal; adicionalmente, podem trazer poupanças significativas ao longo do ciclo de vida das infraestruturas. Os serviços em causa incluem a monitorização e resolução de problemas de forma remota e a reparação no local no dia útil seguinte, incluindo a substituição de componentes. 

"A Schneider Electric continua a encontrar formas novas e inovadoras para simplificar as operações no Edge e ao mesmo tempo aumentar o tempo operacional, cumprindo os objetivos fundamentais de diversas localizações remotas com número limitado de colaboradores de IT", comentou Kevin Brown, Senior Vice President EcoStruxure, Energy Management Business da Schneider Electric. "Com o nosso alcance global e experiência na área das infraestruturas de TI, oferecemos agora mais opções para que os nossos Parceiros e utilizadores finais possam fazer o seu trabalho ainda melhor, permitindo também o funcionamento mais fácil e eficaz de um ecossistema aberto". 

Os fornecedores de soluções de IT podem adicionar serviços de monitorização e expedição à sua oferta para aumentar o seu portfólio e valor para os clientes de forma rápida e rentável. 

A transformação digital depende do Edge Computing, que coloca a infraestrutura de TI em redes distribuídas. Os analistas de mercado concordam que, como resultado, as equipas de TI mais reduzidas encontram desafios na gestão dessa complexidade. Num relatório recente da IDC, os analistas comentam que "a TI no Edge traz novos desafios para as organizações, relacionados com áreas como o comissionamento, integração, gestão de rede, segurança e gestão de custos". Ainda de acordo com a IDC, mais de 60% das organizações utilizadoras finais procuram ajuda externa para gerir as suas implementações no Edge. 

Para responder a estes desafios, os serviços de monitorização e expedição baseiam-se em analíticas de dados recolhidos pelo EcoStruxure IT. Estes, combinados com o profundo conhecimento que a Schneider Electric possui nesta área, permitem ao Connected Services Hub e aos clientes obter recomendações detalhadas, de forma a garantir a continuidade do serviço e migrar de uma manutenção reativa para proativa, no que toca à infraestrutura de TI distribuída. Esta abordagem combina monitorização e resolução de problemas de forma remota e 24/7 pelos especialistas da Schneider Electric, com suporte no local no dia útil seguinte, incluindo a substituição de componentes quando necessário. Adicionalmente, lidando de forma proativa com a manutenção, os utilizadores finais podem poupar até 40% ao longo da gestão do ciclo de vida do seu equipamento de TI.

Recomendado pelos leitores

OutSystems com novas oportunidades de receita para Parceiros
NEGÓCIOS

OutSystems com novas oportunidades de receita para Parceiros

LER MAIS

61,7% das empresas europeias apostam em IA
NEGÓCIOS

61,7% das empresas europeias apostam em IA

LER MAIS

HP apresenta o Amplify, o novo Programa de Parceiros
NEGÓCIOS

HP apresenta o Amplify, o novo Programa de Parceiros

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 69 JULHO 2020

IT CHANNEL Nº 69 JULHO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.