Ana Carolina Cardoso, Channel Director Iberia, APC by Schneider Electric em 2021-9-29

NEGÓCIOS

Advertorial

Gestão de Energia: uma oportunidade em franca expansão para os integradores de soluções de TI

A rápida expansão do Edge Computing está a criar uma necessidade premente de gestão remota de instalações que não contam com operadores no local

Tal representa uma oportunidade feita à medida para os fornecedores de serviços geridos (MSP, na sua sigla em inglês) ou para os integradores de soluções de TI com experiência em serviços remotos, mas também abre um novo potencial de negócio para os integradores que procuram simplesmente revender serviços de gestão remota.

O que são os serviços de gestão de energia?

Tipicamente, a gestão remota foca-se nas redes, na segurança e nos dados, mas cobrem apenas parte do hardware em que se alicerça uma instalação fiável e resiliente. As fontes de alimentação ininterrupta (UPS) e outras infraestruturas relacionadas tendem a não contar com operadores no local, e nem remoto, ainda que desempenhem uma função crucial em instalações de missão crítica. À medida que mais localizações de Edge Computing se tornam mais críticas e são colocadas online para suportar as funções de negócio, requerem a mesma disponibilidade e resiliência que os grandes Data Centers.

Isto abre uma oportunidade significativa para os integradores de sistemas – os Serviços de Gestão de Energia, compostos por duas funções primárias: a monitorização e gestão remotas de UPS e infraestruturas físicas, e a utilização de dados e análises avançadas para melhorar a fiabilidade e a rentabilidade dos ativos.

Abre-se, então, uma oportunidade atrativa para que os MSPs e fornecedores de soluções de TI possam ampliar a sua oferta de serviços remotos para o mercado de Edge Computing, cujo crescimento anual está nos 12,5%, segundo a IDC. Atualmente, estima-se que apenas 27% dos MSPs oferecem Serviços de Gestão de Energia.

Uma ocasião oportuna

A gestão de energia agrega um tremendo valor ao negócio, porque suporta o objetivo último de todos os serviços geridos: maximizar o tempo de operação. Ela é particularmente importante num ambiente de TI distribuída com diversas localizações de Edge Computing, que muitas vezes não conta com operadores no local, e porque geralmente os clientes não querem alocar os seus próprios recursos para gerir a energia, pelo que se veem obrigados a procurar apoio externo adicional. Assim, ao oferecer este tipo de serviços, os integradores de soluções de TI podem ajudar os clientes a enfrentar os desafios que lhes são colocados pela rápida expansão das redes Edge, muitas das quais contam com implementações de IoT que geram enormes volumes de dados. Do ponto de vista dos clientes, os integradores de soluções estão a aumentar a sua disponibilidade, garantindo que os sistemas de alimentação ininterrupta não falhem quando necessários.

Estas localizações de TI distribuídas e remotas necessitam de uma gestão adequada, que garanta uma fonte fiável de alimentação de energia, algo especialmente importante em áreas com redes elétricas menos estáveis. Através dos Serviços de Gestão de Energia, é possível oferecer:

  • Gestão de UPS e infraestrutura física, que inclui a monitorização de alertas sobre potenciais falhas e o aumento da fiabilidade do ciclo de vida dos ativos. Também inclui atualizações de firmware, reparação no local quando necessário e substituição de baterias.
  • Capacidades de modelagem de dados e gestão preditiva, que consiste em analisar dados de dispositivos e condições ambientais para otimizar operações e estruturas de custos. Isto inclui a distribuição e gestão de cargas, a desativação virtual de servidores, redes e armazenamento, e simulação de cenários para permitir a monitorização preditiva e a otimização.

Contudo, apesar do crescimento do mercado, os CIOs não têm orçamento extra para gerir o maior volume de localizações de TI distribuídas e remotas – razão pela qual as empresas recorrem aos MSPs para gerir os seus ambientes de Edge Computing. Os fornecedores de serviços de TI podem tirar partido da Calculadora para Comparação de Gestão de UPS Edge da Schneider Electric e conseguir uma justificação comercial para o outsourcing deste serviço e ajudar os clientes a avaliar diferentes modelos de serviços.

Benefícios para os integradores de soluções de TI

Os Serviços de Gestão de Energia vêm preencher uma necessidade crescente dos clientes, pelo que os integradores de soluções de TI podem beneficiar deles de diversas formas: geram novas fontes de receita com clientes novos e existentes; reduzem os custos operacionais através da gestão e automação remotas; envolvem os clientes num modelo eficaz e de longo prazo; e garantem estabilidade pois proporcionam uma experiência positiva.

Como já vimos, este tipo de serviços apresenta uma excelente oportunidade para garantir novos modelos de receitas recorrentes. A plataforma EcoStruxure IT™ da Schneider Electric oferece diversas abordagens de oferta, para além do suporte total de um programa de formação e vantagens. Efetivamente, o recém- -lançado Programa de Software & Serviços Digitais em Edge da Schneider Electric oferece as ferramentas, certificações e incentivos financeiros necessários para que os parceiros construam a sua oferta de Serviços de Gestão de Energia. A Schneider Electric desenvolveu diversas ofertas “chave na mão” que lhe permitem avançar de imediato quando os clientes optam por Serviços de Gestão de Energia – podendo escolher a opção que faz mais sentido para a atual maturidade do seu negócio e o nível de investimento desejado. Para além disso, os parceiros podem escolher como preferem gerir esta nova oferta – podendo assumir a sua propriedade total ou deixar a Schneider Electric tratar de tudo em seu lugar, ou optar por uma solução intermédia. Também é possível escolher um modelo para começar, e alterá-lo mais tarde com facilidade se os objetivos de negócio se alterarem.

Saiba mais sobre as oportunidades de Serviços de Gestão de Energia e aceda ao nosso novo guia eletrónico, “O Guia Essencial para Expandir o seu Negócio com Serviços de Gestão de Energia”.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela Schneider Electric

Recomendado pelos leitores

PHC lança oficialmente PHC GO
NEGÓCIOS

PHC lança oficialmente PHC GO

LER MAIS

Modelo de trabalho flexível é sinónimo de mobilidade, segurança e produtividade
NEGÓCIOS

Modelo de trabalho flexível é sinónimo de mobilidade, segurança e produtividade

LER MAIS

Claranet Portugal adquire nova empresa nacional
NEGÓCIOS

Claranet Portugal adquire nova empresa nacional

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 81 OUTUBRO 2021

IT CHANNEL Nº 81 OUTUBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.