2018-1-08

NEGÓCIOS

Fabricantes esperam aumento das receitas via Canal em 2018

Segundo um relatório do Global Technology Distribution Council (GTDC), mais de 70% dos fabricantes esperam aumentar as receitas via Canal em dois dígitos durante este ano

O GTDC, associação formada por alguns dos maiores distribuidores de IT do mundo e dedicada a promover o papel do Canal e da distribuição no IT, revelou as conclusões do estudo “Tech Distribution Outlook”, que entrevistou mais de 50 vendors e dezenas de executivos de Canal e da distribuição, para aferir como será o próximo ano para a distribuição de IT. O estudo indica que os fabricantes esperam que a vertente indireta do seu negócio aumente, o que significa que a distribuição e os resellers estão a ganhar mais valor, para a indústria. A esmagadora maioria dos fabricantes (mais de 70%) esperam, em 2018, que as suas receitas via Canal aumentem em dois dígitos, e estão a apostar mais nos distribuidores para recrutar novos tipos de Parceiros.

O ano passado, apenas 50% das empresas esperavam um aumento das vendas via Canal nesta ordem. O aumento, diz o GTDC, resulta da adoção acelerada do digital, que está a tornar os negócios mais produtivos e eficientes.

Tim Curran, CEO do GTDC, explica, no prefácio do estudo, que “uma das grandes vantagens da distribuição de IT é o facto de nunca se tornar estática”, porque os distribuidores “investem continuamente em novos serviços, soluções, tecnologias e programas”. Seja para comercializar serviços cloud ou PCs, os fabricantes, acrescenta “simplesmente não têm o alcance, a escala ou as capacidades necessárias para chegar de forma efetiva às pequenas e médias empresas sozinhos. Para tal, a distribuição já demonstrou ser o caminho mais eficiente”.  

O CEO escreve ainda que muitas empresas têm considerado mover-se para uma abordagem “platform-based”, recorrendo a novas capacidades de integração. “Seja segurança, cloud, hiperconvergência ou outra tecnologia baseada em plataforma, os vendors querem que os seus produtos e serviços sejam mais fáceis de utilizar e de integrar com outros produtos, de modo a entregar soluções seamless aos utilizadores finais”. O relatório indica que o ano de 2018 deverá ser saudável para a distribuição, mas que existe espaço para melhorar, até porque os vendors vão contar mais com os distribuidores para garantir que os seus produtos estão integrados e aglomerados em soluções de plataforma.

O relatório indica que as tecnologias digitais continuarão a transformar a forma como os negócios são conduzidos e o IT é comercializado, com ênfase crescente em soluções multi-vendor que enderecem desafios específicos de cada indústria.

O relatório indica ainda que a cloud se tornou no “tecido” que liga o IT, proporcionando maior integração entre soluções que historicamente eram separadas, graças aos avanços em soluções de cloud pública, privada e híbrida. Um dos pontos elementares diz respeito às exigências do utilizador final — pretende aceder a informação a qualquer momento e em qualquer lugar, o que está a alimentar o crescimento em cloud, networking, segurança e IoT.

Recomendado pelos leitores

A importância do Plano de Comunicação
NEGÓCIOS

A importância do Plano de Comunicação

LER MAIS

Vendas de PCs em Portugal cresceram 6% em 2017
NEGÓCIOS

Vendas de PCs em Portugal cresceram 6% em 2017

LER MAIS

Sage reforça estratégia
NEGÓCIOS

Sage reforça estratégia "partner first" para o segmento de enterprise

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 48 Junho 2018

IT CHANNEL Nº 48 Junho 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.