2021-7-05

NEGÓCIOS

Fabricantes e Parceiros confiam num futuro promissor para o mercado da impressão

Num novo estudo, 53% dos entrevistados dizem acreditar que o volume de vendas de impressoras volte à normalidade, mas 26% diz que o crescimento da indústria passa pela diversificação e não pelo retorno

 

Apesar de haver um geral sentimento positivo em relação ao futuro, hoje, a indústria da impressão continua a sentir os efeitos da pandemia e 68% diz que a pandemia teve um impacto crítico (3%), significativo (46%) ou limitado (19%) no negócio. A Quocirca realizou um inquérito a executivos no sentido de compreender melhor o impacto da Covid-19 na indústria da impressão. Os resultados revelam que vários fabricantes de impressão (OEM) e Parceiros do Canal (de MPS, revendedores, integradores de sistemas, entre outros) continuam a enfrentar as consequências da pandemia através da mudança e inovação

Dessa forma, para 81% dos inquiridos, aquilo que antes era um obstáculo é agora uma oportunidade para impulsionar a inovação na empresa e 38% concorda que pode mesmo levar a novas fusões e aquisições. 71% espera assistir à consolidação do mercado nos próximos 12 meses, a nível mundial e 84% entre os próprios OEM. 55% dos fabricantes de impressoras e os Parceiros de Canal preveem um elevado crescimento das receitas para 2021 e 2022, enquanto 27% espera que as vendas se mantenham estáveis.

61% dos participantes alegam que fazer a transição entre um modelo centrado no produto para um modelo as-a-Service é o principal desafio que os negócios enfrentam - 72% dos OEMs e 55% dos Parceiros - e 49% dizem estar preocupados em adaptar-se às ameaças das áreas tecnológicas adjacentes - 52% de OEM e 47% de Parceiros. Outros 46% - 44% dos OEMs e 47% dos Parceiros - disseram que cultivar um espírito inovador é uma prioridade.

Atualmente, os volumes de impressão continuam a mostrar um decréscimo e 85% dos entrevistados dizem ter assistido a essa diminuição de forma significativa. 53% dos inquiridos asseguram ter confiança que os volumes de vendas recuperem no pós-Covid-19, mas apenas 26% acredita que o mercado voltará ao normal e que a confiança no futuro deve ter por base a diversificação, em vez de um regresso ao estatuto anterior.

Recomendado pelos leitores

Warpcom adquirida por multinacional espanhola
NEGÓCIOS

Warpcom adquirida por multinacional espanhola

LER MAIS

Microsoft Portugal anuncia novo Diretor-Geral
NEGÓCIOS

Microsoft Portugal anuncia novo Diretor-Geral

LER MAIS

Distribuição, em 2020, cresce 12,3% acima da economia apesar do shortage
NEGÓCIOS

Distribuição, em 2020, cresce 12,3% acima da economia apesar do shortage

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 83 DEZEMBRO 2021

IT CHANNEL Nº 83 DEZEMBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.