2021-7-20

NEGÓCIOS

Advertorial

A ascensão da virtualização do armazenamento

Muitas organizações não só virtualizam os seus servidores como também retiram partido dos benefícios do armazenamento virtualizado. A virtualização do armazenamento consiste em partilhar recursos através da junção do armazenamento físico de diferentes dispositivos numa só reserva centralizada

A ascensão dos equipamentos de storage por objetos é uma abordagem com crescente adesão que efetua a gestão dos dados, organizando- os em unidades discretas e únicas denominadas de objetos. Estes objetos são geridos a partir de um cluster de storage em vez de um antigo LUN/estrutura de armazenamento de volumes em bloco.

O armazenamento por objetos torna mais fácil de implementar uma maior capacidade de armazenamento através da deduplicação online, compressão e encriptação, e permite às empresas escalar a capacidade, sem esforço ou reconfigurações, eliminando os níveis de complexidade de gestão inerentes à virtualização do armazenamento.

Controlar a torrente de dados

Esta virtualização do armazenamento 2.0 também é mais eficaz do que a abordagem tradicional no que toca a controlar a avalanche de dados. A maior parte dos novos conteúdos e dados são não-estruturados e as organizações estão a perceber que as suas soluções de armazenamento tradicionais não são capazes de gerir tudo isto.

Os dados não-estruturados ocupam uma grande fatia da capacidade de armazenamento tradicional de uma empresa. Geralmente, estes dados ocupam cerca de 80% da storage primária das máquinas virtuais, o que se pode revelar uma alternativa bastante dispendiosa.

As organizações podem por exemplo transferir os dados não-estruturados para uma storage por objetos, e deixar de os armazenar nas VM, com a storage por objetos a tirar snapshots imutáveis e a replicá-los para um segundo cluster externo. Eliminamos assim as cópias de segurança no seu sentido tradicional substituindo-as por uma replicação de dados imutáveis em tempo real para um cluster remoto.

Naturalmente, esta ação irá diminuir drasticamente os custos e irá reduzir igualmente o tempo de recuperação dos dados não estruturados, passando de dias ou semanas para menos de um minuto, independentemente de se tratarem TB ou PB de dados.

Necessidade de uma nova abordagem

À medida que as necessidades de armazenamento aumentam, a virtualização do armazenamento 2.0 oferece às organizações a capacidade de gerir melhor tanto os dados estruturados como os não-estruturados, para além dos benefícios de uma maior proteção contra a perda de dados. Por outras palavras, o armazenamento por objetos resolve, de uma forma inovadora e económica, os problemas mais urgentes dos administradores de IT e das organizações.

Uma das maiores vantagens é o facto de as organizações já não precisarem de prever as necessidades de armazenamento. Em vez disso, podem adicionar a quantidade exata de armazenamento de que precisam, a qualquer momento e com qualquer granularidade. Podem ainda continuar a aumentar a sua capacidade do próprio cluster sem qualquer reconfiguração e sem tempo de inatividade.

Maior segurança

Talvez a maior vantagem da virtualização do armazenamento 2.0 é o facto de poder fazer um trabalho muito melhor de proteção dos seus dados do que as iterações antigas da virtualização do armazenamento. Sim, com as soluções de armazenamento antigas, pode tirar snapshots dos seus dados, mas estes não são imutáveis. Este facto, por si só, deveria preocupá- lo. Porque, quando os dados são alterados ou reescritos, de uma forma muito simples, está a perder os snapshots dos dados antigos em favor dos novos.

No entanto, com o armazenamento por objetos, os snapshots dos seus dados são, de facto, imutáveis. E, devido a isso, as organizações já podem realizar a cópia de segurança dos seus dados em tempo real e de forma económica. Um snapshot imutável protege os seus dados de forma permanente, fazendo com que mesmo em caso de perda de dados ou de um ciberataque, tenha sempre uma cópia de segurança à sua disposição. Todos os seus dados ficarão protegidos.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela StorageCraft

Recomendado pelos leitores

Canalys define ‘Champions’ do Canal em cibersegurança
NEGÓCIOS

Canalys define ‘Champions’ do Canal em cibersegurança

LER MAIS

Parceiros debatem mudanças de paradigma pós-pandemia
NEGÓCIOS

Parceiros debatem mudanças de paradigma pós-pandemia

LER MAIS

Microsoft lança iniciativa para Parceiros portugueses
NEGÓCIOS

Microsoft lança iniciativa para Parceiros portugueses

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 79 JULHO 2021

IT CHANNEL Nº 79 JULHO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.