2018-10-08

EVENTOS

Informática El Corte Inglés aponta tendências e desafios das organizações

No passado dia 2 de outubro, a Informática El Corte Inglés (IECISA), em colaboração com a IBM, Microsoft, Lenovo e Symantec, realizou a quinta edição do Tendências Lisboa 2018, onde foram analisadas as principais tendências e desafios de mercado no contexto digital

O evento, que reuniu players da tecnologia para discutir tendências do futuro, debateu o que de principal acontecerá no mercado tecnológico até 2020.

Realizado no Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, o certame reuniu mais de 200 grandes players da indústria para ouvir Marisa Moreno do Desenvolvimento de Negócios em Plataformas Digitais IECISA, que explicou a importância da cultura DevOps na empresa para alcançar uma abordagem ágil em desenvolvimento, qualidade e operações. "Na nossa experiência, o uso da metodologia Devops na nuvem traduz-se numa poupança na ordem dos 60% em gastos com TI”, referiu.

O trabalho digital foi o tema em destaque no primeiro painel de discussão, que contou com a participação por Luís Ferreira Da Silva e Pedro Reis, ambos da Microsoft. O debate culminou em três conclusões importantes: em Portugal, em 2020, cada pessoa irá gerar 2 MB de dados por segundo, o que só pode ser controlado com a ajuda de sistemas de inteligência artificial; quase metade dos funcionários, 4 em cada 10, trabalha fora de sua organização; e, finalmente, a tecnologia e os millennials levarão a uma mudança na gestão de RH nas empresas.

"Antecipação é o principal conceito ligado à transformação digital", diz José Manuel Olivares, director da área internacional da Engenharia e Analítica. "As empresas têm sistemas que integram a física e a lógica, para dar respostas a situações que ainda não ocorreram", disse José Manuel Olivares, utilizando como exemplo a Segurança.

Segurança, gestão de dados e inteligência artificial são os novos desafios das organizações, de acordo com José Olivares. Foi  a este consenso que Nuno Maximiano, IBM, Luciano Zoccoli, Lenovo DCG Portugal e Elio Oliveira, Symantec, chegaram em Mesa redonda sobre organizações disruptivas: a produção de dados aumentará ainda mais, já que os sistemas de análise, por sua vez, criam mais dados. A Inteligência Artificial é uma fonte de ajuda, não só na análise, mas também na segurança, descobrindo que informação de dados escapa aos humanos.

Recomendado pelos leitores

PHC desmistifica desenvolvimento de software
EVENTOS

PHC desmistifica desenvolvimento de software

LER MAIS

Alibaba desafia empresas portuguesas a aproveitar oportunidades de negócio na China
EVENTOS

Alibaba desafia empresas portuguesas a aproveitar oportunidades de negócio na China

LER MAIS

Sage Sessions 2018: Parceiros são principal alavanca do negócio
EVENTOS

Sage Sessions 2018: Parceiros são principal alavanca do negócio

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 53 Dezembro 2018

IT CHANNEL Nº 53 Dezembro 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.