2021-8-21

CLOUD

Sustentabilidade potencia adoção de serviços cloud

Organizações alocaram cerca de 47 mil milhões de dólares no segundo trimestre, um investimento 36% superior ao do período homólogo

A crescente migração dos ambientes de trabalho para a cloud e o desenvolvimento de aplicações nativas na cloud aumentaram os investimentos no serviço. No segundo trimestre de 2021, os custos chegaram aos 47 mil milhões de dólares, uma subida de 36%, segundo dados da Canalys. Em relação ao trimestre anterior, foram gastos mais cinco mil milhões de dólares e 12 mil milhões em relação ao período homólogo.

Acima de tudo, melhorar a resiliência ambiental fomentou a importância dos serviços na cloud. Com a transformação digital em curso, há uma preocupação generalizada entre as organizações de tornar a sustentabilidade num fator central na tomada de decisões de investimentos. "A consciencialização sobre o uso de energia e emissões de carbono dos serviços digitais fornecidos a partir de data centers operados por fornecedores de serviços na cloud está a aumentar”, explica Blake Murray, analista de investigação da Canalys, acrescentando que “os principais fornecedores também estão na vanguarda dos esforços de resiliência ambiental".

Os três principais fornecedores de serviços na cloud – Amazon Web Services (AWS), Microsoft Azure e Google Cloud - representaram 61% do total dos custos no segundo trimestre e implementaram estratégias no sentido de reduzir as próprias pegadas de carbono agora e no futuro. Tais mudanças são fundamenteis dada a dimensão das operações das big tech, fazendo com que "as melhores práticas e tecnologias usadas por estas empresas” se infiltrem “no resto do setor e levando os clientes a utilizar cada vez mais os serviços na cloud para aliviar algumas das suas responsabilidades ambientais e cumprir os objetivos de sustentabilidade", reitera Murray.

A AWS foi a principal fornecedora de serviços na cloud no segundo trimestre, com uma percentagem de 31% do total, depois de ter tido um crescimento anual de 37%. A Amazon anunciou recentemente 14 novos projetos de energia eólica e solar a nível mundial, afirmando-se como a maior compradora corporativo de energia renovável do mundo. Hoje, cerca de 40% das operações da Amazon são geridas com energia renovável e está nos planos da big tech alimentar as operações com 100% de energias renováveis até 2025.

Os regulamentos estatais “especialmente ligados ao Acordo de Paris” são impulsionadores das medidas sustentáveis que muitas empresas estão ou deverão adotar e “continuarão a intensificar-se, enquanto uma proporção crescente de contratos de serviços na cloud tiver requisitos de sustentabilidade incorporados", considera o analista chefe da Canalys, Matthew Ball.

O Azure da Microsoft foi o segundo maior fornecedor de serviços, com uma quota de mercado de 22%, depois de ter crescido 51%. A big tech planeia um futuro com zero resíduos até 2030 e ter os seus data centers completamente alimentados por energias renováveis até 2025. Já o Google Cloud, que cresceu 66% no último trimestre e obteve uma quota de mercado de 8%, alcançou a neutralidade carbónica em 2007 e no ano passado anunciou que tinha eliminado todas as suas emissões históricas de carbono através da compra de compensações. A nuvem da Google estabeleceu agora uma meta para gerir todos os data centers e campus com energia renovável até 2030.

"Os clientes vão avaliar continuamente os seus fornecedores de serviços na cloud e vão utilizar estratégias multicloud para alcançar a menor pegada de carbono”, diz Ball, completando que, contudo, “a transparência na medição das práticas sustentáveis terá de melhorar".

Recomendado pelos leitores

Claranet é Parceira de formação e certificação oficial da Google Cloud em Portugal
CLOUD

Claranet é Parceira de formação e certificação oficial da Google Cloud em Portugal

LER MAIS

Netapp: a importância do cloud computing para a transformação digital
CLOUD

Netapp: a importância do cloud computing para a transformação digital

LER MAIS

Ricoh impulsiona transformação digital com soluções de gestão de impressão na cloud
CLOUD

Ricoh impulsiona transformação digital com soluções de gestão de impressão na cloud

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 81 OUTUBRO 2021

IT CHANNEL Nº 81 OUTUBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.