2021-7-12

CLOUD

Novas tecnologias potenciam adoção de cloud nas empresas

O novo estudo indica ainda que a experiência do cliente pela jornada da cloud está no topo das prioridades dos líderes empresariais

 

Um estudo pedido pela Colt à Censuswide sobre os planos das empresas para a migração tecnológica no futuro digital revela que as tecnologias de próxima geração estimulam nova onda de adoção da cloud nas empresas. Chegou-se à conclusão que as empresas anseiam por soluções tecnológicas emergentes, com 54% dos inquiridos a identificarem a evolução tecnológica como a principal impulsionadora e aceleradora dos projetos atuais e futuros na cloud. O inquérito teve por base decisores de IT sobre a cloud e gestores com responsabilidades de nível C em empresas com mais de 500 funcionários, em vários setores de atividades nas regiões da Europa e da Ásia. 

Com a pandemia a impulsionar os espaços de trabalho virtuais, a migração dos negócios para a cloud fez-se sentir nos últimos 12 meses. Neste momento, as empresas estão prontas para explorar o leque de possibilidades e nova geração de computação centrada na cloud e na conectividade. Há uma nova onda de projetos na cloud, sustentada por elevados investimentos para uma plataforma sem barreiras e com novos objetivos. Cerca de 33% dos inquiridos afirmaram que têm prevista uma alocação de investimento para a cloud entre os 290 mil e os 579 mil euros.

Keri Gilder, CEO da Colt explica que por “comparação com a edição do ano passado, verificámos que há um aumento de projetos de migração das empresas para a cloud. A nova edição do estudo investigou a fundo o que as empresas estão a mover para a cloud, como o estão a fazer e porquê. Não é surpresa que a evolução tecnológica e as tecnologias emergentes estejam a ser cada vez mais utilizadas para estes projetos”, e acrescenta que “a conectividade que as suporta é um elemento fundamental desta equação, já que é crítico garantir que as migrações para a cloud decorrem sem problemas. Por isso, as empresas estão a focar-se, cada vez mais, na conectividade flexível, na largura de banda e na baixa latência e a procurar os Parceiros mais adequados para as obterem”.

As tecnologias antigas não conseguem resolver os problemas mais complexos da era multicloud e, por essa razão, as empresas procuram cada vez mais soluções cloud-native de ponta. No topo da lista de preferências está a tecnologia das interfaces de programação de aplicações (API), referida por 56% dos inquiridos. Para potenciar a transformação digital, as empresas afirmaram ainda confiar nas seguintes ferramentas: 47% das pessoas inquiridas mencionaram o edge compute, já a inteligência artificial por 43%, o networking on-demand por 40%, o uCPE - Universal Customer Premises Equipment por 34% e o SD WAN por 32%.

Há, ainda, um reconhecimento crescente da importância em estabelecer Parcerias adequadas e as relações com os atuais prestadores de serviços cloud e de rede estão a ser cada vez mais valorizadas. “Tornou-se um aspeto decisivo ter acesso a ecossistemas de Parceiros que trabalhem em conjunto para disponibilizar as melhores soluções junto das empresas e dos seus respetivos clientes finais”, conclui Guilder.

Também é de destacar a importância da experiência do consumidor. Cada vez mais os CEO priorizam o criação de relações duradouras com os seus clientes, que estimulam o crescimento dos negócios. O estudo conclui que a Gestão das Relações com o Cliente (CRM), mencionada por 57% dos inquiridos, está no topo da lista das aplicações incluídas na próxima fase de migração para a cloud, enquanto 54% afirmaram que vão privilegiar o ERP. Melhorar a experiência do cliente e encontrar formas mais fáceis de mapear a jornada pela cloud são aspetos importantes para as empresas, que dessa forma terão também um percurso mais ágil pela transformação digital. 

IT CHANNEL Nº 80 SETEMBRO 2021

IT CHANNEL Nº 80 SETEMBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.