2018-9-25

CLOUD

Amazon Web Services abre escritórios em Portugal

O gigante da cloud pública reforça aposta no mercado português

A Amazon Web Services (AWS) anunciou hoje a abertura do seu primeiro escritório em Lisboa, Portugal, de modo a dar suporte ao que diz ser uma "crescente base de clientes no país". O escritório apoia organizações de todas as dimensões - desde startups a organizações do setor público, a algumas das mais antigas e prestigiadas empresas do país – acompanhando a sua transição para a Cloud AWS.

O novo escritório aumenta a presença direta da AWS na Europa para 19 países - incluindo quatro regiões e 12 zonas de disponibilidade, estando ainda prevista outra região da AWS e mais três zonas de disponibilidade na Suécia ainda em 2018.

A AWS fornece serviços de computing, armazenamento, redes, bases de dados e outros tecnologicamente avançados, incluindo soluções de inteligência artificial e machine learning, em modalidade on-demand e pay-as-you-go.
 
A AWS realça que as suas equipas em Portugal, onde se incluem gestores de conta, gestores de Parceiros, arquitetos de soluções e muitos outros profissionais, estão já a apoiar os clientes portugueses em diferentes áreas, desde ambientes de desenvolvimento e teste a análise de big data, mobile, web e social media, aplicações de negócio empresariais, Internet of Things (IoT) e workloads críticos.

Em Portugal, a AWS tem como clientes empresas como a EDP - Energias de Portugal, Feedzai, Globalvia, Grupo Impresa, Jumia, Lusiaves, Miniclip, Prodsmart, OutSystems, Unbabel e Uniplaces, bem como organizações públicas, caso do município do Porto.


“Estamos entusiasmados por abrir o nosso primeiro escritório AWS em Portugal”, diz  Miguel Alava, diretor da AWS para o Sul da Europa, que diz que a tecnológica tem notado "um interesse real por parte das empresas em Portugal, que pretendem arrancar com a AWS para inovar, reduzir os seus custos de TI e fazer crescer as suas organizações em todo o mundo".
 
O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, que realçou que este anúncio "reafirma a posição de Portugal na vanguarda digital e enquanto local atrativo para investir, confirmando a importância da cloud computing na digitalização de Portugal".  O governo diz estar "empenhado em assegurar que todos os setores da nossa sociedade estejam preparados para a nova economia digital alimentada pela cloud computing".
 
A Rede de Parceiros da AWS (APN) inclui dezenas de milhares de fornecedores independentes de software (ISVs) e integradores de sistemas (SIs) de todo o mundo. Os Parceiros da APN criam soluções e serviços inovadores sobre a cloud da AWS, enquanto a APN os apoia através do fornecimento de suporte técnico, comercial, marketing e go-to-market (GTM).

Accenture, BI4ALL, Claranet, CGI, Deloitte, DXC, FlipKick, Glint, Link Consulting, Magic Beans, Marionete, Noesis, Rumos e Timestamp integram a lista de integradores de sistemas que estão a trabalhar com a AWS, em Portugal.

Dos ISVs em Portugal que utilizam a AWS para fornecer o seu software a clientes em todo o mundo fazem parte a Anubis, a Celfocus, Insurads, Prologica, Velocidi e a WeDo Consulting.
 
 
 

IT CHANNEL Nº 51 Outubro 2018

IT CHANNEL Nº 51 Outubro 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.