2016-9-27

SERVIÇOS

JP-IS quer ser referência no mercado de integração de TI

A JP-IS, empresa do universo da JP-IK, tem por objetivo ser um player de referência no mercado da integração de Tecnologias de Informação, com três unidades de negócio: infraestruturas de data center, comunicações e segurança, e aplicações e new business.

Para o desenvolvimento do negócio a JP-IS revela ser expectável o alargamento das competências desta unidade de negócio.

Ao todo, a JP-IS será composta por três áreas de intervenção e competência.
 
A Infrastructure Business Unit englobará serviços de virtualização, Storage & Backup Solutions, Management Solutions, Business Continuity & Disaster Recovery e Cloud Privada – IaaS.

A área de Security Business Unit será dedicada à segurança e analytics. A oferta, a este nível, abrange serviços de Security CyberVision Protection com Integrated, Multi-layer Defense System, Datacenter & Cloud Security Solutions, Infrastructure Security Solutions, Mobile Security & End Point Protection Solutions, Identity Intelligence & Access Management Solutions, Attack and Threat Mitigation System & Fraud Awareness Detection Solutions e Security Management & Control Layer Solutions.

A área de negócio Aplications & New Business Unit  é, segundo a JP-IS, uma área emergente na oferta da empresa. Pretende adicionar valor à oferta de soluções de infraestruturas, comunicações e segurança através do desenvolvimento de um portfólio de aplicações nas áreas de Business Intelligence & Data Analytics, Service Desk, entre outros.

A empresa irá trabalhar em estreita colaboração com os seus parceiros de negócio. Entre estesestão nomes como a Hewlett Packard Enterprise, IBM, Huawei, Citrix, Velocloud, Symantec, Oracle, VMware, Polycom, Avaya, entre outros.

A JP-IS irá ainda desenvolver serviços de Consultoria (Network Design, Solution Architecture), Auditoria (Security Assessment, Security Compliance), Formação (Tecnológica e Produto), Implementação (Desenho, Planeamento, Site Survey, Staging, Instalação, Configuração, Integração, Testing, Colocação em Produção, Acompanhamento e Documentação), Preventivos (Análise, Atualizações, Otimizações e Monitorização), Reativos (Manutenção, Suporte e Assistência Técnica) e, por fim, Evolutivos (Gestão, Operação e Administração).

Recomendado pelos leitores

EMEL lança primeira app de estacionamento para empresas
SERVIÇOS

EMEL lança primeira app de estacionamento para empresas

LER MAIS

Transforming Transport: novo projeto da Indra promete melhorar a mobilidade na Europa
SERVIÇOS

Transforming Transport: novo projeto da Indra promete melhorar a mobilidade na Europa

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 35 março 2017

IT CHANNEL Nº 35 março 2017

VER EDIÇÕES ANTERIORES