2017-3-09

NEGÓCIOS

Mais de metade dos portugueses já trabalham remotamente

O posto de trabalho está cada vez mais móvel e os trabalhadores portugueses estão a aderir cada vez mais a esta tendência de trabalho remoto

De acordo com um estudo realizada pela Regus, cerca de 56% dos colaboradores portugueses já trabalham remotamente.

A pesquisa, que envolveu mais de 130 empresários em Portugal, teve como objetivo fornecer um vislumbre do mundo atual do trabalho. De acordo com as suas conclusões, embora o trabalho remoto seja claramente a norma, certamente não é sinónimo de trabalho em casa: apenas uma minoria trabalha exclusivamente a partir de casa (9%).  Quando inquiridos sobre onde realizaram o trabalho remotamente, apenas 38% disse trabalhar principalmente em casa.

“Estes resultados mostram que a força de trabalho de hoje é verdadeiramente móvel. Apenas uma percentagem muito pequena de trabalhadores é constituída por verdadeiros trabalhadores em casa, passando todo o seu tempo fora do escritório principal e num escritório em casa. Os trabalhadores relatam que não querem substituir um espaço de escritório fixo por outro, como a casa, mas dizem precisar de locais onde parar e recuperar a produtividade quando viajam para e de reuniões de negócios nas suas próprias cidades ou em outras”, refere Jorge Valdeira, diretor da Regus para Portugal.

Entre os locais mais populares para o trabalho remoto encontram-se os centros de negócios, com quase um quinto (16%) das escolhas. Paralelamente, 13% indicaram que geralmente trabalham no exterior quando remotamente, e apenas 6% dos empresários se contentam com cafés barulhentos enquanto trabalham em viagem. Os auscultados indicaram ainda que trabalham remotamente para permanecerem produtivos quando viajam, e de e para reuniões dentro da mesma cidade ou em outras cidades (60%).

“Os empresários mostram claramente que precisam de locais onde possam trabalhar de forma produtiva durante algumas horas ou um dia inteiro. Os centros de negócios são a escolha mais popular já que podem ser encontrados um pouco por toda a cidade e em muitas cidades. Estes proporcionam um ambiente profissional que favorece a concentração, completamente o oposto de cafés ruidosos onde é difícil a concentração e a privacidade”, comenta o responsável.

Recomendado pelos leitores

Procensus é o primeiro Parceiro ISV da Sage em Portugal
NEGÓCIOS

Procensus é o primeiro Parceiro ISV da Sage em Portugal

LER MAIS

Winsig adquire unidade de negócio PHC da Factis
NEGÓCIOS

Winsig adquire unidade de negócio PHC da Factis

LER MAIS

Procensus distinguida pela Sage com “Prémio de Inovação”
NEGÓCIOS

Procensus distinguida pela Sage com “Prémio de Inovação”

LER MAIS

IT CHANNEL Nº43 Dezembro de 2017

IT CHANNEL Nº43 Dezembro de 2017

VER EDIÇÕES ANTERIORES