2015-11-09

SOFTWARE

IBM prepara as empresa para a “Economia das APIs”

A IBM lançou o API Harmony, um novo conjunto de soluções e serviços de APIs baseados na Cloud para ajudar as empresas a vingar na era cognitiva

A tecnológica prepara os clientes para a “Economia das APIs” com um conjunto de novos produtos e serviços para o desenvolvimento de aplicações empresariais. O Harmony API utiliza tecnologias cognitivas, como o mapeamento e grafismo inteligentes, permitindo, por exemplo, antecipar as necessidades dos programadores na criação de novas aplicações ou na recomendação de APIs.

Segundo a IBM, a “Economia das APIs”, comummente definida como a troca de recursos de TI entre empresas que permite a disponibilização de recursos internos a um ecossistema de programadores, tornar-se-á num dos motores da transformação digital. As estimativas internas da IBM apontam que em 2018 a “Economia das APIs” resultará num mercado de 2.200 mil milhões de dólares. De acordo com um relatório da consultora de TI Ovum, o número de empresas a seguir um programa de APIs vai aumentar 150% nos próximos dois ou três anos (Ovum, Realizing the Business Value of APIs, outubro 2014).

Ao oferecer novos serviços e software de modo a que as empresas possam tirar melhor partido da “Economia das APIs”, a IBM pretende lançar as bases para que os diferentes ambientes Cloud funcionem como um só, proporcionando uma integração consistente, independentemente da infraestrutura Cloud que se esteja a utilizar.

As novas soluções e serviços apresentados pela IBM incluem o API Economy Journey Map, que permitirá aos consultores da nova unidade de consultoria da empresa, dedicada ao Cognitive, ajudar os clientes a identificar oportunidades-chave e avaliar o seu estado de maturidade.

A IBM agregou ainda capacidades de machine-learning  à tecnologia API Harmony por forma a ajudar os programadores a usar a tecnologia de procura inteligente a encontrar as APIs que necessitam de forma mais rápida e fácil. A IBM está a trabalhar com a Linux Foundation e outras entidades por forma a fornecer uma plataforma aberta para a criação, gestão e integração de APIs abertas.

A tecnológica está a disponibilizar aos clientes capacidades de computação cognitiva transformacionais na forma de APIs, que permitem aceder e tirar partido do poder da tecnologia Watson através de um conjunto abrangente de ferramentas e serviços. As APIs referentes ao IBM Watson são geridas pela IBM API Management no BluemixT, que fornece mais de 30 APIs baseadas em computação cognitiva e nas capacidades do ecossistema de parceiros e programadores da companhia.

ARTIGOS RELACIONADOS

IBM adiciona novas funcionalidades à plataforma Watson Analytics
SOFTWARE

IBM adiciona novas funcionalidades à plataforma Watson Analytics

LER MAIS

É o genoma, caro Watson
SERVIÇOS

É o genoma, caro Watson

LER MAIS

 IBM Watson em ambiente cloud computing
SOFTWARE

IBM Watson em ambiente cloud computing

LER MAIS

Recomendado pelos leitores

Mercado de software HCI atrai novos players
SOFTWARE

Mercado de software HCI atrai novos players

LER MAIS

O melhor de dois mundos no consumo de software
SOFTWARE

O melhor de dois mundos no consumo de software

LER MAIS

Solução da Infinidat recebe validação para fornecer recuperação de dados de alta velocidade
SOFTWARE

Solução da Infinidat recebe validação para fornecer recuperação de dados de alta velocidade

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 83 DEZEMBRO 2021

IT CHANNEL Nº 83 DEZEMBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.