2019-1-17

SEGURANÇA

Publicadas 21 milhões de passwords de emails

Trata-se de uma das maiores violações de dados de sempre. No total, são 87GB de dados que envolvem 773 milhões de emails e mais de 21 milhões de passwords

O investigador de segurança Troy Hunt descobriu uma violação de dados intitulado “Collection #1” que continha um total de 2,6 mil milhões de endereços de email e passwords de diferentes fontes.

No entanto, depois de limpar a base de dados e livrar-se das informações em duplicado, a base de dados foi reduzida para 772.904.991 endereços de email únicos. Já em termos de passwords, foram descobertas 21.222.975.

Segundo Troy Hunt, que construiu o site ‘Have I Been Pwnd’ para que seja fácil descobrir se o seu email fez parte de alguma violação de dados, afirma que esta é a maior violação de dados a ser carregada no site.

“Tal como acontece com os endereços de e-mail, isso foi depois de implementar um monte de regras para limpar o máximo possível, removendo senhas que ainda estavam em forma de hash, ignorando cadeias que continham caracteres de controlo e aqueles que eram obviamente fragmentos de SQL”, escreveu Hunt.

De acordo com o investigador “várias pessoas entraram em contato e direcionaram-me para uma grande coleção de arquivos no popular serviço cloud, MEGA”. Os dados foram posteriormente retirados, mas não antes de o ficheiro ter sido partilhado em fóruns de hackers. Ao que tudo indica, esta coleção tem um total superior a 12 mil arquivos separados e mais de 87 GB de dados.

Sergey Lozhkin, especialista em segurança da Kaspersky Lab, referiu que “esta coleção massiva de dados foi-se construindo a partir de sucessivas violações de dados ao longo de vários anos, o que significa que muitos dos detalhes das contas podem estar desatualizados. Contudo, não é segredo que, apesar de estarem conscientes dos perigos que existem, as pessoas continuam a usar as mesmas palavras-passe e a reutilizá-las em diferentes websites. Além disso, esta coleção pode ser facilmente simplificada numa única lista de e-mails e palavras-passe: e, assim, tudo o que os hackers têm de fazer é utilizar um programa de software relativamente simples para verificar se as palavras-passe estão, de facto, a funcionar. As consequências que advêm do acesso às contas dos utilizadores variam desde phishing, à possibilidade dos hackers enviarem automaticamente e-mails maliciosos para a lista de contactos das vítimas, com o objetivo de roubarem a identidade digital ou dinheiro às vítimas ou de comprometerem os seus dados nas redes sociais”.

Recomendado pelos leitores

Descoberta vulnerabilidade nos Windows Servers Deployment Services
SEGURANÇA

Descoberta vulnerabilidade nos Windows Servers Deployment Services

LER MAIS

Cibercrime pode ter custo de 5,2 biliões de dólares para as empresas
SEGURANÇA

Cibercrime pode ter custo de 5,2 biliões de dólares para as empresas

LER MAIS

Mercado de cibersegurança atinge os 37 mil milhões de dólares
SEGURANÇA

Mercado de cibersegurança atinge os 37 mil milhões de dólares

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 56 ABRIL 2019

IT CHANNEL Nº 56 ABRIL 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.