2018-11-02

SEGURANÇA

Kaspersky Lab lança competição para encontrar fraquezas nos dispositivos de IoT

Na quarta edição da sua competição internacional de segurança industrial, a Capture the Flag (CTF), a Kaspersky volta a convida hackers éticos de todo o mundo, conhecidos como whitehats, a testar a segurança de dispositivos inteligentes e sistemas industriais

A competição anual CTF reúne os melhores whitehats de todo o mundo - hackers que se dedicam a encontrar vulnerabilidades com o objetivo de prevenir que sejam exploradas ilegalmente por cibercriminosos . Assim que uma vulnerabilidade é detetada os whitehats entregam a sua investigação diretamente aos comerciantes do software para que os patches possam ocorrer de imediato.

Todos os participantes têm de resolver problemas reais de cibersegurança em vez de cenários artificiais, e o impacto das suas descobertas será significativo, com vários vetores de ataques e vulnerabilidades anteriormente desconhecidas a serem detetados durante a competição.

As equipas que participam na CTF industrial da Kaspersky Lab terão também a oportunidade de demonstrar as suas capacidades nas finais, que irão decorrer durante a Kaspersky Security Analyst Summit (SAS) em Singapura, no próximo ano. As rondas de qualificação online irão decorrer entre os dias 23 e 24 de novembro de 2018 e os participantes terão de resolver diferentes desafios, incluindo questões e exercícios de criptografia, engenharia reversa, vulnerabilidades web ou protocolos de rede, entre vários desafios populares.

Recomendado pelos leitores

Eset estabelece Parceria com a Chronicle
SEGURANÇA

Eset estabelece Parceria com a Chronicle

LER MAIS

“Proteção no gateway não é suficiente por si só”
SEGURANÇA

“Proteção no gateway não é suficiente por si só”

LER MAIS

Detetada falha de segurança em software da SAP
SEGURANÇA

Detetada falha de segurança em software da SAP

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 57 MAIO 2019

IT CHANNEL Nº 57 MAIO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.