2018-6-07

SEGURANÇA

Custo médio de uma falha de segurança cresce de forma acentuada nos últimos 12 meses

De acordo com a Kaspersky Lab, os incidentes de cibersegurança relacionados com ambientes da cloud e proteção de dados revelaram-se os mais dispendiosos no último ano. Em 2018, até 26% do orçamento de IT das empresas está a ser dedicado à cibersegurança.

O estudo revela ainda que, em 2018, para as PME, o custo médio de uma falha de segurança atingiu os 120 mil dólares, mais 36% que em 2017 (88 mil dólares). Para grandes empresas, o aumento foi de cerca de 24%, com o impacto médio financeiro a atingir os 1.23 milhões. 

Este aumento dos prejuízos é uma preocupação das empresas no atual contexto de transformação digital, onde as infraestruturas cloud continuam a crescer em proporção com a percentagem de empresas (45%) e de PMEs (33%) que já aumentou ou planeia aumentar a utilização de clouds híbridas nos próximos 12 meses.

Mas o aumento de “dados on the go” representa novos incidentes de segurança, segundo o fabricante de soluções de cibersegurança, com os mais dispendiosos associados a ambientes cloud e proteção de dados.

Dois em cada três incidentes com custos mais elevados para as PME estão relacionados com a cloud. As empresas subcontratadas para alojar as infraestruturas IT representarem uma média de 179 mil dólares em prejuízos. Para empresas de maiores dimensões, a proteção de dados mantém-se como a grande prioridade: as falhas de segurança resultantes de ataques diretos representam perdas até 1.64 milhões de dólares; ataques a infraestruturas de IT de terceiros resultam em prejuízos em torno dos 1.47 milhões de dólares.

Com o custo dos incidentes IT a aumentar, a Kaspersky diz que as empresas estão a compreender a importância dos investimentos em cibersegurança. Esta realidade é ilustrada pelo aumento dos orçamentos de segurança IT este ano, com as empresas a gastar quase um terço dos seus recursos IT (8.9 milhões) em cibersegurança.

Apesar de não serem as que mais investem em segurança IT, as microempresas aumentaram os seus orçamentos de 2.4 para 3.9 mil dólares nos últimos 12 meses.

Uma das principais razões é a crescente complexidade das infraestruturas (à medida que as empresas adotam plataformas cloud) conjugada com o aumento do nível de especialização em segurança.   
 
 

Recomendado pelos leitores

Malware para Android original da Ásia expande-se para o resto do mundo
SEGURANÇA

Malware para Android original da Ásia expande-se para o resto do mundo

LER MAIS

Criptojacking: a nova mina de ouro do cibercrime
SEGURANÇA

Criptojacking: a nova mina de ouro do cibercrime

LER MAIS

RGPD: 40% das empresas portuguesas preocupadas com multas
SEGURANÇA

RGPD: 40% das empresas portuguesas preocupadas com multas

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 48 Junho 2018

IT CHANNEL Nº 48 Junho 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.