Henrique Carreiro em 2024-5-13

OPINIÃO

Anchor

Os data centers atuais já precisam de reatores próprios

A procura de eletricidade impulsionada pelo crescimento agressivo dos data centers é um desafio significativo que os fornecedores de energia enfrentam

Os data centers atuais já precisam de reatores próprios

Este aumento da procura é largamente alimentado pelos avanços da inteligência artificial, incluindo as tecnologias de IA generativa que exigem grande capacidade de processamento e, consequentemente, um consumo substancial de eletricidade.

Em regiões como a Virgínia do Norte, a situação atingiu um ponto crítico, em que as empresas detentoras de centros de dados — e muitas delas têm lá os seus centros nevrálgicos — estão a solicitar capacidades de eletricidade equivalentes à produção de vários reatores nucleares. A Dominion Energy, um importante fornecedor na região, registou um aumento sem precedentes nestes pedidos, com alguns novos projectos a exigirem vários gigawatt de energia. Para colocar tais pedidos em perspetiva, um gigawatt pode alimentar aproximadamente 750 mil lares, o que ilustra a enorme escala da energia exigida por estas instalações.

O CEO da Dominion Energy, Bob Blue, destacou, numa informação recente a investidores, as experiências da empresa, referindo que, nos últimos cinco anos, esta ligou 94 data centers que utilizam coletivamente cerca de quatro gigawatt de energia. Esta quantidade é indicativa da escala a que os centros de dados estão a ser planeados e desenvolvidos, uma vez que apenas alguns dos futuros campus de data centers podem exigir tanta eletricidade como todos os que estão ligados desde 2019.

Os desafios para empresas do setor energético como a Dominion são múltiplos. A Dominion Energy é responsável não só por satisfazer a crescente procura de energia, mas também por fazê-lo de uma forma que se alinhe com objetivos ambientais e de sustentabilidade. O abandono das fontes de energia tradicionais torna-se mais complexo quando confrontado com necessidades de eletricidade tão intensas e crescentes. Além disso, existe uma necessidade crítica de atualizar e expandir a rede eléctrica para garantir que esta consegue lidar com o aumento da carga sem comprometer a respetiva estabilidade.

Olhando para o futuro, a tendência de aumento da procura por energia de data centers não mostra sinais de diminuir. À medida que a IA e outras tecnologias baseadas em dados continuam a evoluir e a integrar-se mais profundamente em vários setores da economia, a necessidade de energia só irá aumentar.

As necessidades crescentes de energia dos data centers representam um desafio fundamental para o futuro da gestão energética e da conservação ambiental. A forma como as empresas do setor energético respondem a esta procura afetará não só as suas estratégias operacionais, mas também o seu impacto no ambiente e a sua capacidade de apoiar o crescimento da economia digital de forma sustentável.

Recomendado pelos leitores

Mercado de TI recupera em 2024. Quais as oportunidades para o Canal?
OPINIÃO

Mercado de TI recupera em 2024. Quais as oportunidades para o Canal?

LER MAIS

Bem-vindos ao Channel ON
OPINIÃO

Bem-vindos ao Channel ON

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 107 MAIO 2024

IT CHANNEL Nº 107 MAIO 2024

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.